Excel Informatica
Contador
Em cima da hora:
Queda de energia em Brotas deixa serviço da Defesa Civil fora do ar
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Três homicídios registrados entre a tarde e o inicio da noite de quarta-feira


    14.11.2018 19h53m
    Recomendar
    Três homicídios registrados entre a tarde e o inicio da noite de quarta-feira
    Foto Via WhatsApp

    A Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), que tem o comando do delegado Fabrício Linard, registrou três homicídios ocorridos no município de Feira de Santana, entre o final da tarde e o inicio da noite de quarta-feira (14-11-18). Os crimes aconteceram nos bairros: Campo Limpo, Baraúnas e Parque Getúlio Vargas.

    Campo Limpo

    O jovem, Jonatas Barbosa dos Santos, que era mais conhecido, como, Zoi do George”, 24 anos, que residia no bairro George Américo foi assassinado com vários tiros, na tarde desta quarta-feira, no bairro Campo Limpo, nas proximidades da Passarela Conceição Lobo.


    Segundo informações, Zoi estava no interior de um estabelecimento comercial, quando um homem desconhecido se aproximou e efetuou os disparos acertando, cabeça e tórax. Não resistiu e morreu.

    Baraúnas

    No inicio da noite de quarta-feira, um jovem até o momento do fechamento desta matéria, conhecido pelo prenome de Tiago foi assassinado com vários tiros, que acertou a cabeça e tórax. Não resistiu e morreu no local. Não maiores informações sobre o caso.
     

    Parque Getúlio Vargas 

    Na noite desta quarta-feira, por volta das 19h30, um homem ainda não identificado foi assassinado com vários tiros, na esquina da Rua Tucano com a rua São Roque, no bairro Parque Gewtulio Vargas. Maiores informações há qualquer momento. 



  • Polícia Civil prende homens acusados de fazer cobranças armados em Irecê

    O delegado Ernandes Junior, contou que alguns empresários da cidade de Irecê tem historicamente contratado pessoas para realizarem cobranças e ameaças aos seus devedores, buscando assim meios ilegais, imorais e vexatórios para receberem as suas dívidas. Com o objetivo de por fim a uma prática
    14.11.2018 19h47m
    Recomendar
    Polícia Civil prende homens acusados de fazer cobranças armados em Irecê
    Foto Polícia Civil


    Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia Territorial de Irecê, sob o comando do delegado Ernandes Junior, prenderam no final da tarde de terça-feira (14-11-18), por volta das 17h50, Francisco José da Silva e Manoel Tavares de Souza. Com a dupla foi encontradas várias armas de fogo, além de munições.

    O delegado Ernandes Junior, contou que alguns empresários da cidade de Irecê tem historicamente contratado pessoas para realizarem cobranças e ameaças aos seus devedores, buscando assim meios ilegais, imorais e vexatórios para receberem as suas dívidas. Com o objetivo de por fim a uma prática comum em nossa cidade, a Polícia Civil iniciou investigação com o objetivo de identificar os possíveis “cobradores”.


    “No dia de hoje (terça-feira), por volta das 18h, foi cumprido mandado de prisão preventiva em desfavor de Francisco Jose da Silva, visto que o mesmo trabalha há anos como “cobrador”, onde utilizava uma pistola, calibre .380, prateada, para ameaçar as pessoas e efetuar cobranças, cometendo o crime de Extorsão Armada, com pena de 04 a 10 anos de prisão”.


    “Ademais, outros mandados serão cumpridos e essa prática medieval será combatida com todas as forças pela Polícia Civil da cidade de Irecê. Francisco, juntamente com outros indivíduos, são comumente contratados para servirem de “capangas” e realizarem cobranças, de posse de arma de fogo, a terceiros. Impende destacar que não cabe ao cidadão exercer a justiça com as próprias mãos, devendo sempre procurar os meios legais para tal”, explicou Ernandes.


    Ainda de acordo com o delegado, dando sequencia a diligencia, foi dito por Francisco que a sua arma de fogo estava sob os cuidados de seu amigo MANOEL, conhecido como NENEN, ao chegar no comercio pertencente a Manoel o mesmo demorou para entregar o armamento e havia pedido que um funcionário retirasse de sua residência o material bélico. No entanto, os investigadores conseguiram aprender os seguintes armamentos que estavam em poder de MANOEL:


    02 pistolas, calibre .380; 01 rifle, calibre .44; 01 pistola de ar comprimido; 60 munições de .40
    13 munições de 9mm; 58 munições de .380; 05 munições de .44; 13 munições de calibre 12
    16 munições de calibre .22; 35 cartuchos deflagrados de .38; 02 carregadores de .40; 01 carregador de .380


    Francisco responderá pelo crime de Extorsão Armada e posse ilegal de arma de fogo, já Manoel responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. “Por fim, friso que o crime em comento está sendo combatido e todas as pessoas que forem vítimas de tais cobranças (extorsão armada) devem procurar a Delegacia de Polícia e denunciá-las”, finalizou Junior.
     



  • Dez pistolas 9 mm são apreendidas com quadrilha em Conquista

    Preso em flagrante há 25 dias por associação ao tráfico, Rogério Santos Silva foi capturado novamente ontem quando deixava o presídio, mediante apresentação de um alvará de soltura. Sobrinho dele, Hamilton confessou as ações da quadrilha. “Rogério é o canal procurado por quadrilhas de fora do país em Conquista para a distribuição de drogas para outros estados”, afirmou o titular da
    14.11.2018 19h42m
    Recomendar
    Dez pistolas 9 mm são apreendidas com quadrilha em Conquista
    Foto Polícia Civil

    Rogério dos Santos Silva, 43 anos, Hamilton dos Santos Leite Neto, 26, Manoel Batista Lima, 62 e Rogério Almeida Santos, 34, foram presos, na terça-feira (13), por policiais das delegacias de Tóxicos e Entorpecentes e de Homicídios de Vitória da Conquista, em um sítio no município. Dez pistolas calibre 9 mm (uso restrito), entre elas algumas fabricadas na Áustria, e cerca de duas mil munições pertencentes à quadrilha estavam escondidas em três tonéis enterrados. Um rádio e um telefone via satélite utilizados para comunicação com aeronaves também foram apreendidos.


    Preso em flagrante há 25 dias por associação ao tráfico, Rogério Santos Silva foi capturado novamente ontem quando deixava o presídio, mediante apresentação de um alvará de soltura. Sobrinho dele, Hamilton confessou as ações da quadrilha. “Rogério é o canal procurado por quadrilhas de fora do país em Conquista para a distribuição de drogas para outros estados”, afirmou o titular da 10ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Vitória da Conquista), delegado Cléber Rocha Andrade.


    A ação desta terça-feira foi um desdobramento das investigações sobre o bando, que utilizava um avião e pista de decolagem próprios para a distribuição de drogas e armas. No dia 20 de outubro, os policiais civis identificaram a pista de pouso clandestina, em uma fazenda na região da Baixa do Cocá (distante 37 km de Conquista), de propriedade de Rogério.


    Avião


    Na ocasião os paraenses Diogo Túlio Pereira Dionísio (piloto) e Francisco Cleiton Passos de Oliveira, além do baiano Lázaro Santos Sacerdote foram presos em flagrante e confessaram que o município era rota de venda de pasta base de cocaína, trazida da Bolívia. O avião utilizado para o transporte dos produtos, um avião monomotor da marca Cessna, prefixo PR_OIE, pouco mais de R$ 7 mil em espécie, uma pistola calibre 9mm (uso restrito) e um veículo modelo Amarok foram apreendidos.


    Já no dia 29 Rogério foi preso. “Ele já estava com o pé do lado de fora do presídio por decisão judicial, mas conseguimos nos adiantar e provar, mais uma vez, o seu envolvimento com o tráfico interestadual de drogas e armas”, comemorou o delegado, sobre a liberação do acusado, que deixaria a cadeia nesta terça-feira.


    A investigação liderada pela 10ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Vitória da Conquista) também descobriu que Manoel e Rogério Almeida são caseiros da fazenda onde o arsenal foi encontrado. A dupla teria sido cooptada por Rogério para guardar o armamento em troca de dinheiro, já que sua própria fazenda já havia sido alvo das ações policiais.
    Fonte: SSP-BA
     



  • Policiais da 65ª CIPM prendem suspeitos de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo


    14.11.2018 19h36m
    Recomendar
    Policiais da 65ª CIPM prendem suspeitos de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo
    Foto Divulgação

    Na madrugada de quarta-feira (14), policiais militares da 65ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), sob o comando do Coordenador de área, prenderam dois homens acusados de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo no bairro Baraúnas, em Feira de Santana.

    Segundo a polícia, ao efetuarem patrulhamento pela Avenida Riachuelo, Bairro Baraúnas, abordaram dois indivíduos em atitude suspeita, com os quais encontraram 01 revólver Cal .22 sem marca e numeração com 07 munições intactas; 60 pedras de Crack; 04 papelotes de Cocaína; R$ 12,00 Reais; 04 isqueiros; 02 cachimbos para fumar pedra; e 01 relógio de pulso.

    Os suspeitos e todo material apreendido foram apresentados na CENFLAG.
     



  • Polícia Civil incinera 800 quilos de drogas em Feira de Santana

    O delegado Matheus Souza, que está respondendo interinamente pela Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), explicou que todas essas drogas foram apreendidas durante este ano. “É um trabalho que já vem sendo realizado
    14.11.2018 19h32m
    Recomendar
    Polícia Civil incinera 800 quilos de drogas em Feira de Santana
    Foto Polícia Civil


    Na manhã de quarta-feira, aproximadamente 800 quilos de drogas, dentre elas, maconha, crack, cocaína e outras drogas sintéticas que foram apreendidas pela Polícia Militar e pela Polícia Civil, foram incinerados em uma fábrica na BR-101, no distrito de Humildes em Feira de Santana.

    O delegado Matheus Souza, que está respondendo interinamente pela Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), explicou que todas essas drogas foram apreendidas durante este ano. “É um trabalho que já vem sendo realizado pela Draco e pela DTE. São apreensões que foram realizadas durante o ano e quando junta certa quantidade a gente incinera para que não fique acumulada e até por uma questão de segurança, pois são muitas substâncias entorpecentes no mesmo lugar, o que pode atrair bandidos”, afirmou.

    Matheus destacou ainda que a incineração é feita através de autorização judicial e informou que o Draco é um departamento que engloba diversas situações de investigação, como tóxicos e entorpecentes e crimes contra instituições financeiras.
    “Sempre que vamos fazer qualquer ato nesse sentido fazemos um ofício solicitando ao juiz a autorização e convidando para que o MP e o Poder Judiciário participem da ação.

    A gente tem feito um trabalho de combate ao crime organizado e essa semana, por exemplo, observamos muitas ocorrências como crimes contra instituições financeiras e estamos fazendo um trabalho para identificar os autores e prendê-los em breve”, disse o delegado Matheus Souza, ao repórter Aldo de Matos do Acorda Cidade.



  • 27ª CIPM realiza curso intensivo de armamento e tiro para o efetivo de Maragogipe

    O curso teve duração de 10 horas e visou capacitar os policiais lotados no 4° Pelotão, sob o comando do subtenente PM Ivan, para o uso do Fuzil 556, conforme orientações do major PM Marcos Davi, comandante da 27ª Companhia
    14.11.2018 19h24m
    Recomendar
    27ª CIPM realiza curso intensivo de armamento e tiro para o efetivo de Maragogipe
    Foto Divulgação

    Aconteceu nesta terça-feira (13), o curso intensivo de manuseio e manutenção de Carabina MD97, de calibre 556, com treinamento prático de tiro para policiais militares integrantes do 4º Pelotão, em seu auditório, localizado no Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP), no município de Maragojipe.

    O curso teve duração de 10 horas e visou capacitar os policiais lotados no 4° Pelotão, sob o comando do subtenente PM Ivan, para o uso do Fuzil 556, conforme orientações do major PM Marcos Davi, comandante da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar. O comandante diligenciou tal orientação, haja vista que o grupamento fora agraciado com a recente chegada do armamento.

    O efetivo contou com as instruções dos tenentes PM Daltro e Luiz. O conteúdo teórico foi ministrado na sala de instrução, onde também foi dada uma ênfase maior às práticas de desmontagem e manutenção do armamento.

    O tenente Daltro, um dos instrutores, ressaltou a extrema importância da utilização deste armamento, principalmente para o melhor combate à criminalidade. “Esse armamento tem um poder de fogo considerável, tendo em vista que possui calibre ponto 556”, finalizou.

    A sociedade maragogipana agradeceu ao comandante da Unidade pelo cuidado e a atenção dispensados para com a região.

    Fonte: 27ª CIPM
     



  • 20ª CIPM, Polícia Civil e MP da cidade de Amélia prenderam último procurado no homicídio de Andressa.

    Desde o acontecimento, no dia 28 de outubro, as polícias militar e civil, com o acompanhamento do Ministério Público, fizeram incessantes diligências, inclusive obtendo êxito ao prender um dos suspeitos do referido homicídio, Joildo
    14.11.2018 11h52m
    Recomendar
    20ª CIPM, Polícia Civil e MP da cidade de Amélia prenderam último procurado no homicídio de Andressa.
    Foto Divulgação

    Diante da brutalidade do homicídio de Andressa Conceição dos Santos, que foi filmado e largamente repassado pelas redes sociais em todo país, o Ministério Público da cidade de Amélia Rodrigues, o 2° Pelotão da 20ª CIPM e a Polícia Civil do município trabalharam juntos para capturar os envolvidos no referido crime.


    Desde o acontecimento, no dia 28 de outubro, as polícias militar e civil, com o acompanhamento do Ministério Público, fizeram incessantes diligências, inclusive obtendo êxito ao prender um dos suspeitos do referido homicídio, Joildo Gomes Franco, 22 anos, fato que se deu na cidade de Iaçu, a cerca de 200 km de Amélia Rodrigues.


    Posteriormente os policiais tomaram conhecimento do local onde estava se homiziando outro suspeito do crime, Carlos Eduardo Silva Oliveira, o “Pombo”, de 18 anos, que foi também autor das filmagens da ação criminosa. O indivíduo havia fugido para o Estado do Rio Grande do Norte, terra natal de sua genitora, através de caronas.


    Após a prisão de um dos envolvidos, e receoso quanto aos desdobramentos das investigações, e pressão do cerco policial, resolveu hoje se entregar à justiça e se apresentou à delegacia de Polícia Civil.


    O comandante do 2º Pelotão em Amélia Rodrigues destacou o importante apoio do Delegado Coordenador de Santo Amaro, na labuta das diligências, e declarou igual gratidão ao fundamental empenho dos demais policiais da 20ª CIPM, em especial o PETO 05, SOINT e outras unidades.


    Relembrando o fato: No dia 28 de outubro, uma jovem foi brutalmente assassinada na cidade de Amélia Rodrigues, com tiros na cabeça. Um dos integrantes da quadrilha filmava toda a ação, enquanto outros realizavam os disparos.

    A Prisão do Assassino


    A prisão de Joildo Gomes Franco, 22 anos, foi efetuada pela guarnição da Subaé 15, de Amélia Rodrigues, acompanhada da Polícia Civil e da SOINT da 20° CIPM, no dia 1º deste mes. Ele estava escondido em um imóvel na Baixa do Fogo, no município de Iaçu, próximo a Itaberaba, a cerca de 200 km de Amélia Rodrigues. As equipes deslocaram para o local denunciado, o indivíduo foi reconhecido pelos policiais e evadiu para uma residência segurando algum objeto na cintura, foi alcançado ao tentar pular os muros do fundo.
     



  • PM apreende drogas durante abordagem no bairro Santa Mônica, em Feira de Santana


    14.11.2018 11h51m
    Recomendar
    PM apreende drogas durante abordagem no bairro Santa Mônica, em Feira de Santana
    Foto Via WhatsApp

    Policiais militares da 66ª Companhia Independente, apreenderam por volta das 21h30 de segunda-feira (12), no bairro Santa Mônica, em Feira de Santana, aproximadamente 3,5 kg de maconha; uma balança de precisão, um relógio, um celular e a quantia de R$ 344,00 (trezentos e quarenta e quatro reais).

    Durante a realização de abordagens de rotina, os policiais apreenderam drogas em posse do condutor de um veículo Ford Fiesta, de cor branca. Questionado pela guarnição quanto à origem do entorpecente, o mesmo não deu detalhes, informando apenas que possuía mais do ilícito em sua residência, localizada no bairro Feira VI.

    O suspeito e todo o material com ele apreendido, foi apresentado no Complexo de Delegacias do bairro Jomafa, para que fossem adotadas as medidas cabíveis.
     



  • Deficiente que matou a mulher gestante a facada é condenado há mais de 16 anos de prisão

    Teódulo Ferreira dos Santos está preso desde a época do crime, em julho de 2017, ocorrido no interior da residência do casal, no bairro Santo Antônio dos Prazeres. Risoleta Araújo de Alencar, 30 anos, estava grávida de seis meses do suspeito. O bebê também morreu
    14.11.2018 11h13m
    Recomendar
    Deficiente que matou a mulher gestante a facada é condenado há mais de 16 anos de prisão
    Foto Arquivo / Gleidson Santos

    O deficiente visual, Teódulo Ferreira dos Santos, acusado de matar a esposa, Risoleta Araújo de Alencar, 30 anos, que estava grávida de seis meses, com uma facada no pescoço após uma discussão, foi julgado e condenado pelo conselho de sentença a 16 anos e três meses de prisão em regime fechado.

    O julgamento ocorreu nesta terça-feira (13-11-18), no Fórum Desembargador Filinto Bastos, em Feira de Santana. O júri popular começou às 8h e encerrado por volta das 17h. Foi presidido pela juíza Márcia Simões Costa. Na parte acusatória, a promotora Semiana Cardoso e na defesa, advogado Maurício Saporito.

    Teódulo Ferreira dos Santos está preso desde a época do crime, em julho de 2017, ocorrido no interior da residência do casal, no bairro Santo Antônio dos Prazeres. Risoleta Araújo de Alencar, 30 anos, estava grávida de seis meses do suspeito. O bebê também morreu.

    A promotora Semiana Cardoso, que atuou na acusação, considerou a sentença justa. “As provas estão a indicar que o crime foi cometido da forma como tínhamos acusado, que é a impossibilidade de defesa da vítima e também o motivo que o levou a praticar o crime, que foi um motivo fútil. Ela estava grávida dele de seis meses e ainda assim ele tirou a vida dela”, disse a promotora.

    “Nós usamos a tese que ele agiu sob violenta emoção logo após provocação da companheira, e que não existia nem a qualificadora da motivação tampouco a qualificadora do recurso que impossibilitou a defesa da vítima.”, explicou o defensor público Maurício Saporito, que recorreu da sentença.

    O Crime

    O deficiente visual Teódolo Ferreira dos Santos, 25 anos foi preso em flagrante por uma guarnição da Ronda Maria da Penha da Polícia Militar, sob o comando do soldado Gonzaga. Ele é acusado de ter matado com um golpe de faca, a companheira Risoleta Araújo de Alencar, 30 anos. O crime aconteceu no inicio da manhã desta quinta-feira (20-07-17), no interior da casa do casal, localizada na rua Nova Aliança, na localidade conhecida como Sem Terra, no bairro Alto do Rosário, em Feira de Santana.

    Segundo informações da polícia, a vítima estava grávida de seis meses, e após cometer o crime, o acusado tentou fugir em um veículo, mas foi preso em flagrante pela equipe da Ronda Maria da Penha. De acordo ainda com a polícia, o casal discutiu por causa de ciúmes e este pode ter sido o motivo do crime. O deficiente foi conduzido para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foi autuado em flagrante por feminicídio.



  • Polícia Federal e Receita Federal desarticulam esquema de fraudes em importações em salvador

    As investigações iniciaram em junho de 2017, quando a Receita Federal constatou, no aeroporto de Salvador, que uma carga proveniente de Miami/EUA, cujos documentos de importação declaravam tratar-se de máquinas cortadeiras domésticas, continha, na verdade, celulares, aparelhos oftalmológicos
    13.11.2018 19h23m
    Recomendar
    Polícia Federal e Receita Federal desarticulam esquema de fraudes em importações em salvador
    Fotos Divulgação/PF

    A Polícia Federal e a Receita Federal realizam ação conjunta na manhã desta terça-feira, 13/11, visando desarticular esquema de fraudes em importações identificado no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador. Cerca de 30 policiais federais cumprem sete mandados de busca expedidos pela Justiça Federal baiana em empresas e nas residências dos investigados. As diligências, que contam também com a participação de 16 servidores da Receita Federal, estão sendo realizadas em Salvador, Bahia, e em Belo Horizonte, Minas Gerais.


    As investigações iniciaram em junho de 2017, quando a Receita Federal constatou, no aeroporto de Salvador, que uma carga proveniente de Miami/EUA, cujos documentos de importação declaravam tratar-se de máquinas cortadeiras domésticas, continha, na verdade, celulares, aparelhos oftalmológicos, drones, óculos, equipamentos eletrônicos e vinhos, no valor total de mais de R$ 10 milhões.


    Além da falsidade quanto ao conteúdo da carga, verificou-se também que os verdadeiros importadores eram diversos da empresa declarada, a qual, suspeita-se, além daquela operação, teria sido utilizada para acobertar diversas outras importações fraudulentas, cujos valores podem chegar próximo dos R$ 400 milhões.


    A partir dessas informações provenientes da Receita Federal, foi instaurado inquérito policial, através do qual foi possível identificar os empresários, contadores e despachantes suspeitos de participar do esquema ilícito em Salvador, contra os quais, agora, são cumpridas as medidas. A suspeita é de que esse mesmo modus operandi tenha sido utilizado pelos investigados também em outros estados.
    Além da perda das mercadorias, em procedimento administrativo a cargo da Receita Federal, as condutas sujeitam os investigados à responsabilização criminal, incidindo nos crimes de descaminho por via aérea, falsidade ideológica e participação em organização criminosa, previstos, respectivamente, nos artigos 334, § 3º; e 299, do Código Penal; e 2º da Lei 12.850/2013, cujas penas, somadas, ultrapassam os 20 anos de reclusão.
    A operação foi batizada ESPELHO numa referência à atuação da organização criminosa, que mantinha uma carga licitamente importada e declarada no terminal alfandegado, mesmo após o seu desembaraço, a fim de ser apresentada no lugar das importações fraudulentas subsequentes em caso de fiscalização da Receita Federal, sendo aquela carga lícita chamada de “espelho”.
     



  • Polícia Federal e Receita Federal desarticulam esquema de fraudes em importações em salvador

    As investigações iniciaram em junho de 2017, quando a Receita Federal constatou, no aeroporto de Salvador, que uma carga proveniente de Miami/EUA, cujos documentos de importação declaravam tratar-se de máquinas cortadeiras domésticas, continha, na verdade, celulares, aparelhos oftalmológicos
    13.11.2018 18h48m
    Recomendar
    Polícia Federal e Receita Federal desarticulam esquema de fraudes em importações em salvador
    Fotos Divulgação/PF

    A Polícia Federal e a Receita Federal realizam ação conjunta na manhã desta terça-feira, 13/11, visando desarticular esquema de fraudes em importações identificado no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador. Cerca de 30 policiais federais cumprem sete mandados de busca expedidos pela Justiça Federal baiana em empresas e nas residências dos investigados. As diligências, que contam também com a participação de 16 servidores da Receita Federal, estão sendo realizadas em Salvador, Bahia, e em Belo Horizonte, Minas Gerais.


    As investigações iniciaram em junho de 2017, quando a Receita Federal constatou, no aeroporto de Salvador, que uma carga proveniente de Miami/EUA, cujos documentos de importação declaravam tratar-se de máquinas cortadeiras domésticas, continha, na verdade, celulares, aparelhos oftalmológicos, drones, óculos, equipamentos eletrônicos e vinhos, no valor total de mais de R$ 10 milhões.


    Além da falsidade quanto ao conteúdo da carga, verificou-se também que os verdadeiros importadores eram diversos da empresa declarada, a qual, suspeita-se, além daquela operação, teria sido utilizada para acobertar diversas outras importações fraudulentas, cujos valores podem chegar próximo dos R$ 400 milhões.


    A partir dessas informações provenientes da Receita Federal, foi instaurado inquérito policial, através do qual foi possível identificar os empresários, contadores e despachantes suspeitos de participar do esquema ilícito em Salvador, contra os quais, agora, são cumpridas as medidas. A suspeita é de que esse mesmo modus operandi tenha sido utilizado pelos investigados também em outros estados.
    Além da perda das mercadorias, em procedimento administrativo a cargo da Receita Federal, as condutas sujeitam os investigados à responsabilização criminal, incidindo nos crimes de descaminho por via aérea, falsidade ideológica e participação em organização criminosa, previstos, respectivamente, nos artigos 334, § 3º; e 299, do Código Penal; e 2º da Lei 12.850/2013, cujas penas, somadas, ultrapassam os 20 anos de reclusão.
    A operação foi batizada ESPELHO numa referência à atuação da organização criminosa, que mantinha uma carga licitamente importada e declarada no terminal alfandegado, mesmo após o seu desembaraço, a fim de ser apresentada no lugar das importações fraudulentas subsequentes em caso de fiscalização da Receita Federal, sendo aquela carga lícita chamada de “espelho”.
     



  • Baleado no Residencial Vila Nova morre no HGCA


    13.11.2018 18h36m
    Recomendar
    Baleado no Residencial Vila Nova morre no HGCA

    O jovem Djanilton Gonzaga Silva, 20 anos morreu na tarde desta terça-feira (13-11-18), no Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), após ser baleado e vitima de arma branca, horas antes, no Residencial Vila Nova, Localizado no bairro Asa Branca, em Feira de Santana.

    Segundo informações de testemunhas, Djanilton estava nas proximidades da casa onde morava, quando dois homens desconhecidos, se aproximaram e deflagraram tiros e ainda atingiu a vitima com golpes de facão. A vitima ainda chegou a ser socorrida para o HGCA, mas não resistiu, enquanto os assassinos fugiram tomando rumo ignorado.


    Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), compareceram ao local do necrotério do HGCA, onde realizaram o levantamento cadavérico.
     



Publicidade
Anuncie Aqui!
Bruno do Pega
Lelinho Toldos
Auto Escola Trindade
Point Cell
Trayler
Auto Peças Brasil
Hasteg
Minas Ceel e Prime Cell
Centrão
Spaço Sorriso
ACC Material de Construção
Joseval Motos
Excel Informatica
Auto Escola Farol
Capitão
Jobope
Anuncio terreno
Banner - Kit Digital
Mabaço Eletrônicos
Mariana
Contador
Oficina Mecanica
FBI Investigação
Salão
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos