Baner Intelecto
Em cima da hora:
UPE abre inscrições para cursos de idiomas e informática nesta segunda
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Apresentados ladrões de joias do Iguatemi

    Há duas semanas, investigadores da 16ª DT descobriram que o trio estaria se reunindo em Feira de Santana, para a partilha do roubo e venda das jóias a um receptador, e promoveram diligências na cidade, culminando com a prisão de Barriga
    29.11.2013 20h14m
    Recomendar
    Apresentados ladrões de joias do Iguatemi
    Foto SSP-BA

    Os assaltantes Evandro Lima dos Santos, o “Barriga”, 23 anos, e Josué de Souza Campos, 25, responsáveis pelo roubo à Joalheria Klin, no Shopping Iguatemi, em 19 de outubro, foram apresentados à imprensa, na tarde de ontem (29), no auditório da Polícia Civil, na Piedade, pelo delegado Nílton Tormes, titular da 16ª Delegacia Territorial (Pituba), responsável pelas investigações, que buscam localizar agora Jéferson Barbosa de Moraes, 40, mentor do grupo e responsável pelo ataque ao estabelecimento comercial.

    O delegado Augusto César Eustáquio, do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), e o titular da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), delegado Marcos César Silva, também estiveram presentes à apresentação.

    Há duas semanas, investigadores da 16ª DT descobriram que o trio estaria se reunindo em Feira de Santana, para a partilha do roubo e venda das jóias a um receptador, e promoveram diligências na cidade, culminando com a prisão de Barriga e Josué, de posse de apenas alguns pingentes e aproximadamente R$ 10 mil. Os policiais ainda tentaram, a partir dessas prisões, localizar Jéferson e o possível receptador, cuja dupla negou existir, afirmando que a maior parte do material roubado teria ficado com o chefe do grupo.

    Segundo Nílton Tormes, os ladrões são do bairro do Uruguai e um deles, Barriga, foi recentemente solto por decisão judicial. Preso pelo roubo à Felissa Joias, no Salvador Shopping, já havia participado em 2012 dos assaltos às joalherias de Carlos Rodeiro, no shopping Barra, e de outra no Victória Center, no Chame-Chame. O delegado explicou que os criminosos venderam as joias roubadas (lote de 1 quilo) de maneira fracionada, por R$ 70 o grama.
     



  • Irmãos traficavam drogas em Paripe

    Segundo o coordenador dos Núcleos Regionais de Combate ao Narcotráfico (NRCN), delegado Guilherme Machado, a polícia procura também pelos traficantes identicados como “Pinchá”, “Rubinho”, Manoel Tiago, “Chaquila”, “Inhonho
    29.11.2013 20h12m
    Recomendar
    Irmãos traficavam drogas em Paripe
     

    Os irmãos Maurício da Silva Lima, o “Boca”, 22 anos, e Márcio Ribeiro da Silva, o “Vamp”, 28, integrantes de uma quadrilha de traficantes que age no subúrbio ferroviário de Paripe, foram presos na quinta-feira (28), por uma equipe do Departamento de Narcóticos (Denarc). Na residência, localizada também em Paripe, os policiais encontraram uma pistola calibre ponto 380, com 15 cartuchos intactos, certa quantidade de maconha  já embalada para venda e um tablete pesando 400 gramas, 15 pedras de crack e cinco celulares.

    Os policiais do Denarc chegaram à dupla de traficantes ao averiguar uma denúncia anônima sobre um imóvel na rua Montes Claros, usado como ponto de venda de drogas. As investigações apontaram ainda que  Boca e Vamp são integrantes da quadrilha liderada pelo traficante Kleber, o “Cocão”, foragido.

    Segundo o coordenador dos Núcleos Regionais de Combate ao Narcotráfico (NRCN), delegado Guilherme Machado, a polícia procura também pelos traficantes identicados como “Pinchá”, “Rubinho”, Manoel Tiago, “Chaquila”, “Inhonho” e “Pit Bull”, todos pertencentes ao mesmo bando. Autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma, Boca e Vamp foram encaminhados ao Núcleo de Prisão em Flagrante (NPE), na Mata Escura.

    Juazeiro

    Investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) e da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Juazeiro) prenderam em flagrante Vítor Carvalho da Silva, 21 anos, flagrado com um revólver calibre 38, com seis munições, e uma trouxinha de maconha.

    Morador do bairro Jardim Flórida, Vítor assumiu a propriedade da arma, mas não esclareceu a origem. Autuado em flagrante por porte ilegal, ficará custodiado no Conjunto Penal de Juazeiro, aguardando decisão judicial.

    Dezenove pedras de crack, já embaladas para venda, e um livro, contendo anotações referentes à movimentação do tráfico de drogas, foram apreendidos, na casa da traficante Rosário de Lima, a “Bigu”, 40 anos, por investigadores da Coorpin/Juazeiro.

    Natural de Petrolina, a pernambucana vinha residindo no bairro Alto da Aliança, onde instalou um ponto de venda de drogas. Autuada em flagrante por tráfico, Rosário já está à disposição da Justiça, no Conjunto Penal de Juazeiro. A polícia busca agora identificar o fornecedor do crack encontrado na sua casa.

    Cajueiro

    Durante incursão na comunidade do Cajueiro, na Boca do Rio, integrantes da 39ª Companhia Independente de Polícia Militar prenderam em flagrante Felipe Valdeck de Oliveira Santos, 23 anos, portando uma pistola PT .380, com dois carregadores extras, e 90 pedras de crack.  Felipe foi apresentado na 9ª Delegacia Territorial (Boca do Rio), para adoção das medidas cabíveis.
     



  • Colisão entre carro-forte e carreta deixa dois mortos na Curva da “Morte”

    O agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Mascarenhas afirmou para reportagem que o carro-forte seguia de Santo Estevão para Feira de Santana e a carreta, no sentido contrario, quando passavam pela curva do cavaco, o motorista do carro-forte perdeu o controle e invadiu a pista contraria
    29.11.2013 19h52m
    Recomendar
    Colisão entre carro-forte e carreta deixa dois mortos na Curva da “Morte”
    Fotos Gleidson Santos

     Um acidente envolvendo uma carreta de cor branca, placa OBM-9106, licença de São Bernardo do Campo –SP, que transportava material de informática e um carro-forte, placa JQZ-3822, licença de Salvador, da empresa Previne que transportava dinheiro deixou duas pessoas mortas na manhã desta sexta-feira (29), na BR 116-Sul, na Curva do cavaco, a conhecida Curva da Morte. O condutor da carreta identificado apenas como Luis Carlos e o motorista do carro-forte, ainda não identificado, não resistiram e morreram no local, enquanto quatro pessoas foram socorridas para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA).

    O agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Mascarenhas afirmou para reportagem que o carro-forte seguia de Santo Estevão para Feira de Santana e a carreta, no sentido contrario, quando passavam pela curva do cavaco, o motorista do carro-forte perdeu o controle e invadiu a pista contraria colidindo frontalmente com a carreta.

    Um caminhão que vinha no fundo da carreta, também se envolveu no acidente colidindo na traseira da mesma. O condutor do caminhão quebrou uma das pernas e foi socorrido também para o HGCA em ambulâncias da Concessionária Via Bahia. A PRF e guarnições da Polícia Militar se deslocaram para o local do acidente para fazer a proteção da área, já que o carro-forte estava transportando dinheiro e também protege a carga da carreta.

    Ainda de acordo com um dos policiais rodoviários federais provavelmente a principal causa do acidente foi a velocidade. “Esses carros-fortes são pesados equivalentes, a um tanque de guerra e todo motorista conhece seu carro, seja 1.0 ou 2.0, numa curva tem que reduzir a velocidade, principalmente numa curva perigosa como essa, onde os dois motoristas provavelmente já conheciam esse local”, finalizou o agente da PRF.

    Policiais civis e peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana compareceram ao local do acidente, onde realizaram a pericia e o levantamento cadavérico dos dois corpos e encaminharam para o DPT para fazerem as necropsias.
     



  • Acusados de cometerem vários homicídios em Feira e São Gonçalo são presos

    Os policiais cumpriram quatro mandados de prisões expedidos pela Comarca do Município de São Gonçalo dos Campos. Segundo a polícia, os mandados foram devidos aos homicídios que vitimaram Bruno, em 2012, Diego (filho do Sargento
    29.11.2013 18h40m
    Recomendar
    Acusados de cometerem vários homicídios em Feira e São Gonçalo são presos
    Fotos Gleidson Santos

    Policiais do Serviço de Investigação da Coordenadoria da Polícia Civil de Feira de Santana, sob o comando do delegado Ricardo Brito prenderam na manhã desta sexta-feira (29), os irmãos Emerson da Cruz Lima, o conhecido Seco, o irmão Elderson da Cruz Lima, o Nai, além de Valdemir Pinto dos Santos, o Doca e o presidiário Renan Dias dos Santos.

    Os policiais cumpriram quatro mandados de prisões expedidos pela Comarca do Município de São Gonçalo dos Campos. Segundo a polícia, os mandados foram devidos aos homicídios que vitimaram Bruno, em 2012, Diego (filho do Sargento da PM), em 2013 e Renan da Costa Mascarenhas, também em 2013, todos ocorridos na região da localidade conhecida como Tapera, em São Gonçalo dos Campos.

    Ainda de acordo com os investigadores, essa quadrilha é do bairro Areal, onde tem ramificação com criminosos de São Gonçalo, onde tinham rixas com rivais do Tomba, em Feira e na Tapera e no Magalhães em São Gonçalo, devido ao tráfico de drogas e outros tipos de crimes como assalto e homicídios.

    “Esses que prendemos hoje, são responsáveis por vários homicídios ocorridos nos bairro do Tomba e na Brasília, além do município de  São Gonçalo. Anteriormente também já conseguimos prender integrantes da quadrilha do Tomba e da Brasília. Apesar de que, Renan já estava preso, mas a prisão dele foi por outro crime e quando saiu essa prisão preventiva, tivemos que ir ao presídio e anunciar que o mesmo vai responder por mais um crime.

    “Recentemente estão acontecendo vários tiroteios nessas regiões, onde já sabemos que é devido a rivalidades dos criminosos de um bairro contra outro. mas estamos trabalhando com as investigações  e solicitando as prisões dos envolvidos”, contou um dos investigadores.

    Essas prisões preventivas foram solicitadas pela delegada Cristiane Oliveira da delegacia de São Gonçalo dos Campos.
      
     



  • Acusado de tráfico de drogas é preso com mais de 1 Kg de maconha no Irmão Dulce

    Segundo informações da Delegacia de Toxico Entorpecentes (DTE), uma guarnição da Polícia Militar fazia ronda normal pelo bairro Irmã Dulce e ao passar na rua Rio Duarte
    29.11.2013 18h38m
    Recomendar
    Acusado de tráfico de drogas é preso com mais de 1 Kg de maconha no Irmão Dulce
    Fotos Gleidson Santos

    Washington do Carmo Ferreira, 25 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (29), acusado de tráfico de drogas. Com ele a polícia encontrou um Kg de maconha prensado e mais 121 trouxas da mesma droga prontas para vendas.

    Segundo informações da Delegacia de Toxico Entorpecentes (DTE), uma guarnição da Polícia Militar fazia ronda normal pelo bairro Irmã Dulce e ao passar na rua Rio Duarte, localizou o acusado em atitude suspeita.

    Após a abordagem, os militares encontraram o mesmo com um saco contendo as trouxas e o tablete da maconha. Washinton foi conduzido para DTE, onde foi autuado em flagrante pelo delegado Matheus Souza por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

    Após ser ouvido o mesmo foi encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana.



  • Delegado da PF fala como Clovis Nunes fraudava a Campanha do Desarmamento

    De acordo com as investigações, Carlos Nunes foi flagrado em determinado dia, sacando uma importância em dinheiro equivalente a 85 indenizações de pessoas que teriam entregue armas na Casa da Paz. Vale salientar que toda esta movimentação
    28.11.2013 20h02m
    Recomendar
    Delegado da PF fala como Clovis Nunes fraudava a Campanha do Desarmamento
    Fotos Gleidson Santos

    O delegado Wal Goulart contou que a investigação sobre a fraude do desarmamento iniciou-se há três meses, quando ficou constado que a arrecadação de armas em Feira de Santana, era 14% de todo o Brasil, onde a cidade arrecadou mais armas do que em outras cidades maiores como São Paulo e Rio de janeiro.

    “Diante disso, o Ministério Público Federal abriu uma investigação e em três meses descobrimos que existe uma organização criminosa, comandada pela pessoa de Clovis Nunes, qual é coordenador nacional do MovPaz, onde está instalado em 27 cidades e 10 estados”, frisou o delegado.

    De acordo com as investigações, Carlos Nunes foi flagrado em determinado dia, sacando uma importância em dinheiro equivalente a 85 indenizações de pessoas que teriam entregue armas na Casa da Paz. Vale salientar que toda esta movimentação foi filmada e fotografada pela PF

    Ainda de acordo com Goulart, “o coronel Martinho pensando em agilidade ao programa, o mesmo repassou a sua senha para Clovis Nunes, até então, não temos nenhuma prova que vincule o tenente Coronel Martinho e nem o tenente Danilo pela pratica de crime, pois, o erro deles foi ter cedido a senha para essas pessoas, onde se aproveitaram e praticaram a fraude”.

    O Golpe
    O modo operante da quadrilha, era emitir o protocolo de pagamento de armas artesanais que eram recebidas na ONG e existe também uma suspeita que eles fabricavam as armas, para receberem essas indenizações. Sendo que, a arma artesanal é recebida na campanha, mas não tem direito a indenização.

    “Então, devido a facilidade que foi encontrada e começaram a gerar protocolo de forma fraudulenta, recebendo essas indenizações e ainda gerava indenizações. Então essa foi a fraude praticada pelo Carlos Nunes, seu irmão Carlos e vários voluntários, a rede é enorme mais de 50 pessoas, mas nos nus concentramos naqueles principais”.

    A fraude chega a mais de R$ 1,3, milhões, mas o grande prejuízo não é nem o financeiro e sim a credibilidade da campanha, mas por outro lado, a campanha pode ganhar mais força, já que a PF prendeu os criminosos que fraudaram a campanha.

    SURPRESA

    Clovis Nunes chegou a Feira de Santana no final da tarde de ontem e se disse surpreso com o acontecido e que pode ter acontecido algum erro de dados no programa do Desarmamento. Clovis e Carlos Nunes, além de mais três criminosos já foram conduzidos para o Conjunto Penal de Feira de Santana
     



  • Deam Itinerante termina nesta quinta-feira

    Organizada pela titular da Deam/Brotas, delegada Ana Virgínia Paim, a campanha Deam Itinerante foi lançada, em 21 de novembro, no Salvador Shopping, e também será levada ao Shopping Piedade, nos dias 4 e 5 de dezembro
    28.11.2013 20h01m
    Recomendar

    A campanha Deam Itinerante, promovida pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Engenho Velho de Brotas), como parte do movimento internacional “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, no Salvador Norte Shopping, próximo à estrada Cia-Aeroporto, será encerrada hoje (28). Desde ontem, assistentes sociais e psicólogas da unidade estão num estande, informando sobre a aplicação da Lei Maria da Penha e a atuação das Deam’s instaladas no estado e de toda a rede de proteção no atendimento às mulheres em situação de violência doméstica.

    Organizada pela titular da Deam/Brotas, delegada Ana Virgínia Paim, a campanha Deam Itinerante foi lançada, em 21 de novembro, no Salvador Shopping, e também será levada ao Shopping Piedade, nos dias 4 e 5 de dezembro. Folhetos e outras peças informativas ficam à disposição do público nos estandes montados nos centros comerciais.

    Em Jequié, o movimento “16 dias de Ativismo” é marcado pela campanha do Laço Branco, promovida pela Deam local, com o objetivo de envolver os homens no combate à violência de gênero. Lançada na última segunda-feira (25), prossegue hoje e sexta-feira (28 e 29) e nos dias 2, 5, 6 e 10 de dezembro, tendo como foco o policiamento comunitário social de cunho educativo, com rondas nos bairros de maior índice de violência contra a mulher, dentre outras iniciativas.
     



  • Menor infrator é baleado quando participava de assalto

    O motorista disse aos policiais que saiu de Jacobina com destino a capital do estado. O funcionário da empresa, cujo nome não foi relevado prestou depoimento aos agentes no Complexo Policial Investigador de Feira de Santana
    28.11.2013 19h59m
    Recomendar
    Menor infrator é baleado quando participava de assalto
    Foto Gleidson Santos

    Um adolescente de 17 anos foi socorrido para a emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), na noite de quarta-feira (27) na BR- 324, próximo ao município de Nova Fátima.
     
    Segundo ocorrência hospitalar, o jovem é suspeito de ter participado de assalto contra passageiros de um ônibus da empresa São Luiz. O jovem foi atingido com um tiro no tórax, mas o autor dos disparos não foi identificado. Uma segunda pessoa foi baleada e morta por um passageiro, mas restam informações oficiais da policia.
     
    O motorista disse aos policiais que saiu de Jacobina com destino a capital do estado. O funcionário da empresa, cujo nome não foi relevado prestou depoimento aos agentes no Complexo Policial Investigador de Feira de Santana. Um agente da policia civil, informou que um revólver e outra arma foram apresentadas ao plantão central.
     
    O menor infrator reside na zona rural do município de Riachão do Jacuípe. Após ser medicado, o adolescente foi encaminhado para Delegacia do Adolescente Infrator (DAÍ) em Feira de Santana.
     
     



  • A Casa da Paz caiu: Que Vergonha: Coordenador Nacional do MovPaz e o irmão são presos

    Ainda de acordo com a PF, Carlos Nunes foi preso em Fortaleza e está sendo trazido para a delegacia Federal de Feira de Santana. O coronel Martinho foi preso por porte ilegal de arma, durante uma busca e apreensão na casa do militar, onde foi encontrado um rifle 44 sem documento. Martinho foi comandante
    28.11.2013 14h21m
    Recomendar
    A Casa da Paz caiu: Que Vergonha: Coordenador Nacional do MovPaz e o irmão são presos
    Fotos Gleidson Santos

    A Polícia Federal (PF) prendeu no inicio da manhã desta quinta-feira (28), o Coordenador Nacional da ONG Mov Paz Brasil, Cloves Nunes e seu irmão Carlos Nunes e o coronel da Polícia Militar, Martinho, além de outras pessoas suspeitas em um esquema de fraude. A operação Vulcano está ocorrendo nos municípios baianos de Feira de Santana, Cicero Dantas, Antas  e em Fortaleza no Ceara.


    Segundo a Polícia Federal, a operação batizada de "Vulcano", foi deflagrada na manhã de hoje (28), com o objetivo de desarticular uma organização criminosa responsável por praticar fraudes contra o programa federal denominado Campanha do Desarmamento, onde cumpre 23 mandados:, sendo que, 12 de busca e apreensão, seis de prisão temporária e cinco de condução coercitiva (para cumprimento de pena). Três pessoas já foram presas: Clóvis Nunes, coordenador nacional da ONG MovPaz Brasil, e seu irmão Carlos Nunes e o coronel da Polícia Militar Martinho.


    Ainda de acordo com a PF, Carlos Nunes foi preso em Fortaleza e está sendo trazido para a delegacia Federal de Feira de Santana. O coronel Martinho foi preso por porte ilegal de arma, durante uma busca e apreensão na casa do militar, onde foi encontrado um rifle 44 sem documento. Martinho foi comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar de Feira de Santana.


    A PF afirmou ainda que, Martinho, na época comandava o 1º BPM, era responsável pela operação e por guardar a senha usada no sistema de desarme do governo. O militar, no entanto, passava a senha para outras pessoas, com isso acontecia as fraudes nos pagamentos. "Acredito, que o coronel Martinho e o tenente Danilo não tenha envolvimento diretamente com o esquema e que seus erros foram passar suas senhas para o Cloves Nunes", frisou o delegado Wal Goulart.

     
     

    Casa da “Paz”
     
     Os irmãos Nunes são responsáveis pela ONG Casa da Paz, braço da MovPaz Brasil, que fazia arrecadação de armas pelo programa de desarmamento do governo federal em Feira de Santana. No programa, as pessoas que entregam suas armas podem receber de R$ 150 a R$ 450, a depender do calibre da arma.

     

    Mas, segundo os federais, os irmãos mantinham um esquema no qual fabricavam armas artesanais, que eram repassadas à ONG e recebiam em troca a taxa indenizatória. Além disso, eles falsificavam recibos. Com isso, os irmãos recebiam outros valores. “Eles chegavam até receber uma arma e emitia o recibo de três armas”, frisou um dos federais.

     
     A investigação apura que, das 8.800 armas de fogo cadastradas e que geraram indenizações, 4 mil não existiam e outras 4.400 eram de fabricação artesanal.


  • Governo do Estado reforça o policiamento em Feira de Santana com mais 12 motocicletas

    Os equipamentos, cedidos pelo Governo do Estado, serão entregues na sede do Comando do Policiamento Regional Leste – CPRL, localizada na Avenida Maria Quitéria, nº 3159, bairro Queimadinha
    28.11.2013 14h14m
    Recomendar
    Governo do Estado reforça o policiamento em Feira de Santana com mais 12 motocicletas

    Nesta quarta-feira (27), às 11h30, o comandante do Policiamento Regional Leste, coronel Adelmário Xavier, e o deputado estadual Zé Neto (PT), líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, entregarão 12 veículos de duas rodas para reforçar o trabalho da Polícia Militar em Feira de Santana.

    Os equipamentos, cedidos pelo Governo do Estado, serão entregues na sede do Comando do Policiamento Regional Leste – CPRL, localizada na Avenida Maria Quitéria, nº 3159, bairro Queimadinha.

    Em 2005, a cidade possuía apenas 31 motocicletas. Em 2013, o comando já conta com 60 motocicletas, com esses 12 novos veículos que estão sendo entregues, totalizará 72 motocicletas para reforçar a segurança pública no município.

    Com informações da Ascom.



  • Duas crianças de 10 e 11 anos são vitima de abusos sexual em Feira de Santana

    Segundo a polícia, o abuso sexual aconteceu na última terça-feira (26), quando as meninas, de 10 e 11 anos, foram abordadas por uma mulher grávida, qual elas conheceram, na porta da Escola Municipal Maria da Glória, onde estudam, e levadas para
    27.11.2013 20h14m
    Recomendar
    Duas crianças de 10 e 11 anos são vitima de abusos sexual em Feira de Santana
    Martine Veloso

    Policiais de Serviço de Investigação da Delegacia de repressão a Crimes Contra Criança e Adolescente (DERCA), sob o comando da delegada Martini Veloso estão a procura de uma gestante e três homens que abusaram sexualmente de duas meninas de 10 a 11 anos.

    Segundo a polícia, o abuso sexual aconteceu na última terça-feira (26), quando as meninas, de 10 e 11 anos, foram abordadas por uma mulher grávida, qual elas conheceram, na porta da Escola Municipal Maria da Glória, onde estudam, e levadas para a casa da mulher.

    Ainda de acordo com a polícia, que ao chegar no local, elas (meninas) foram trancadas em um quarto e obrigadas a consumir bebidas alcoólica e drogas. Na delegacia, as garotas ainda contaram que foram beijadas e acariciadas por três homens durante três horas. Em seguida, a mulher deu banho em uma delas e colocou as duas para fora de casa.

    Uma funcionária da Escola Municipal onde as meninas estudam informaram que as meninas foram encontradas por moradores da região e levadas para a escola. Ainda de acordo com a funcionária que não quis ser identificada, disse que elas estavam alcoolizadas e sob efeito de drogas. As garotas vomitaram e passaram mal e foram socorridas para o Hospital da Criança, onde estavam internadas até a manhã de ontem (27), quando tiveram alta.

    A delegada Martine Veloso, ouviu as meninas e seus familiares durante o dia de ontem, a mesma solicitou que as garotas passem por exame de corpo delito.



  • Polícia ‘estoura’ um laboratório de drogas

    O Departamento de Narcóticos (Denarc) anunciou, na manhã desta quarta-feira (27), a captura do foragido da Justiça Gênesis Moabe da Glória, 33 anos, preso em flagrante em Itapuã, na última sexta-feira (22). Investigadores do Núcleo Regional
    27.11.2013 20h00m
    Recomendar
    Polícia ‘estoura’ um laboratório de drogas

    Uma guarnição da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (Nordeste de Amaralina) conseguiu desarticular, na terça-feira (26), um laboratório do tráfico na Chapada do Rio Vermelho. Após levantamento realizado pelo Serviço de Inteligência da PM, foi identificado o local, guarnecido por uma adolescente de 15 anos, e apreendidos uma arma de fogo calibre.32, munições (.32, .38 e .12), mais de mil pinos de cocaína, maconha embalada, bicarbonato de sódio e uma balança. A jovem foi conduzida para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), para adoção das medidas sócioeducativas.

    Crack

    O Departamento de Narcóticos (Denarc) anunciou, na manhã desta quarta-feira (27), a captura do foragido da Justiça Gênesis Moabe da Glória, 33 anos, preso em flagrante em Itapuã, na última sexta-feira (22). Investigadores do Núcleo Regional de Combate ao Narcotráfico (Baía de Todos os Santos) chegaram ao traficante depois de informados, por meio do Disque-denúncia (telefone 3535-0000), que ele estaria transportando drogas naquele bairro, num Fiat Pálio branco, placa OKN-5406.

    Ao estacionar num posto de combustível, na Avenida Dorival Caymmi, o traficante foi abordado pelos policiais, que apreenderam no veículo um tablete de crack, pesando um quilo, e uma porção de maconha. Na casa ocupada por Gênesis, na rua Sérgio Carneiro, na localidade Km 17, havia mais duas porções de maconha, dois celulares, duas balanças e um caderno com anotações sobre a movimentação do tráfico.

    Exibindo documentos falsos, apresentou-se como José da Costa Franco, mas durante o interrogatório a verdadeira identidade foi revelada. Gênesis informou ao delegado Maurício Moradillo, do Denarc, ter pago R$ 12 mil pelo tablete de crack e que revenderia a droga por R$ 14 mil a traficantes em Dias D’Ávila.
    Em 2012, foi beneficiado por um Indulto de Natal, deixou o sistema prisional e não mais retornou.

    Autuado por tráfico de drogas, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, ele já está recolhido no Núcleo de Prisão em Flagrante (NPR), no Complexo Penitenciário da Mata Escura. O material apreendido seguiu para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

    Maconha

    Uma guarnição da 69ª Companhia Independente da Polícia Militar (Ilhéus) prendeu em flagrante, por tráfico de drogas, na terça-feira (26), Leonardo Costa Alves, 19 anos, no Alto do Nossa Senhora da Vitória.

    Os policiais chegaram ao local após denúncia e surpreenderam Leonardo comercializando maconha. Com ele, foram apreendidos 87 porções da droga dividida em sacos plásticos.
    Preso anteriormente por porte ilegal de armas de fogo, o acusado foi apresentado na delegacia territorial local para lavratura do flagrante, juntamente com o produto ilícito.
     



Publicidade
Anuncie Aqui!
Lelinho Toldos
Point Cell
Auto Escola Feirense
Janio Motos
Jobope
Otica Robson
Oficina Mecanica
Capá Dinfeç
Spaço Sorriso
Baner Intelecto
Auto Escola Trindade
Aladim Fogos
Joseval Motos
Mabaço Eletrônicos
Felipe Emplacadora
Lanchonete Gostosão
Auto Peças Brasil
Asus
Villa Serena
Auto Escola Farol
Mariana
Tend Tudo
FBI Investigação
Motopel
Bruno do Pega
Anuncio
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos