Governo do Estado - Policlinica
Contador
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Direitos Humanos se manifesta e diz que tanto segurança quanto ao shopping deve serem penalizados

    De acordo ainda com Rogério Miranda, o quadro de funcionários do Shopping da Bahia não é preparado de forma adequada para enfrentar situações que envolvam um menor. ‘’O shopping descumpre a lei 13.046 que obriga que as instituições tenham no seu quadro


    Direitos Humanos se manifesta e diz que tanto segurança quanto ao shopping deve serem penalizados
    Foto Bocão News

    Após um segurança do Shopping da Bahia, localizado na cidade de Salvador ter tentado impedir uma criança de comer na praça de alimentação do estabelecimento, a equipe da Federação Brasileira dos Direitos Humanos (FBDH) esteve no local, nesta terça-feira (12), para investigar o caso e entregar um ofício à gestão do shopping.

    Ao BNews, o delegado defensor dos Direitos Humanos, Rogério Miranda, informou que o centro comercial estava sendo informado sobre os artigos violados do direito da criança e do adolescente pelo funcionário do shopping. ‘’ Neste documento que entregamos hoje, assinado pela diretora, nós apresentamos todos os artigos que violam o direito da criança e do adolescente informando que o ato daquele profissional, naquele momento, violou o direito da liberdade, da dignidade da pessoa humana e ele violou o princípio da autotutela, que todos nós temos o direito de proteger e zelar pela criança e adolescente’’, afirmou.

    Veja o Video: 

    De acordo ainda com Rogério Miranda, o quadro de funcionários do Shopping da Bahia não é preparado de forma adequada para enfrentar situações que envolvam um menor. ‘’O shopping descumpre a lei 13.046 que obriga que as instituições tenham no seu quadro profissionais de qualidade’’. Além disso, o delegado afirmou que o estabelecimento necessita se posicionar em relação aos crimes cometidos. ‘’Negar prato de comida, constranger o menor, isso são crimes graves dentro do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a gente pediu que o shopping tomasse as medidas administrativas cabíveis.’’


    O segurança do Shopping da Bahia não é o único a responder por seus atos. Segundo o delegado defensor, a família da criança também deve ser procurada para ser responsabilizada pela ausência. ‘’Provavelmente a família do menor também será contatada, pra responsabilizar a família do menor. Por que o menor estava aqui sozinho, sem nenhum responsável?’’, pontuou.
    Próximos passos – A equipe da FBDH ressaltou que o próximo passo será ir à 1ª Vara da Infância e da Juventude para averiguar se o órgão já tem conhecimento do caso. ‘’Essas informações a gente vai buscar pra agregar força e juntar para elucidar esse fato’’.

    Texto Bocão News 



Publicidade
Anuncie Aqui!
Auto Escola Farol
Ecxel Informatica
Spaço Sorriso
Anuncio
FBI Investigação
Salão
Oficina Mecanica
Joseval Motos
Mariana
Mabaço Eletrônicos
Jobope
Aladim Fogos
Fogos
Auto Escola Trindade
Banner Arraia
Hasteg
Auto Peças Brasil
Governo do Estado - Policlinica
Janio Motos
Contador
Capitão
Point Cell
Auto Escola Feirense
Trayler
Bruno do Pega
Lelinho Toldos
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos