Contador
Em cima da hora:
Enchente atinge bananais em três cidades do Vale do Ribeira, SP
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Moradores denunciam degradação da Lagoa Salgada, em Feira de Santana

    De acordo com o advogado Gil Fernandes, mesmo com a denúncia apresentada ao Ministério Público e com a ciência dos órgãos municipais competentes, nenhuma providência foi tomada. “Foi amplamente divulgado pela imprensa que a prefeitura estaria revitalizando a Lagoa Salgada, mas até a presente data, nenhum projeto foi formalmente


    Moradores denunciam degradação da Lagoa Salgada, em Feira de Santana

    Uma denúncia foi aberta no Ministério Público, por um grupo de moradores do Condomínio Residencial Irlena Marques, localizado no bairro SIM, contra um grupo de pessoas que estão invadindo a área da Lagoa Salgada causando degradação e provocando poluição do ar, devido à prática de olaria no espaço que é uma Área de Preservação Permanente (APP). A denúncia foi feita desde 2016 e até o momento, segundo o advogado do condomínio, Gil Fernandes, nenhuma providência foi formalmente tomada pelos órgãos municipais competentes.

    Segundo o morador e sindico do condomínio, Ricardo Moraes, um dos principais problemas enfrentado pelos moradores têm sido as queimadas realizadas pelos oleiros, situação que acabou motivando a ação coletiva. “A fuligem proveniente das queimadas tem trazido muitos transtornos, nesse período de chuva, a fumaça fica mais baixa e nós que temos crianças acabamos sofremos ainda mais, já que elas são mais suscetíveis a problemas respiratórios. A fumaça entra no condomínio e a maioria acaba tendo problemas como rouquidão”, relatou.

    De acordo com o advogado Gil Fernandes, mesmo com a denúncia apresentada ao Ministério Público e com a ciência dos órgãos municipais competentes, nenhuma providência foi tomada. “Foi amplamente divulgado pela imprensa que a prefeitura estaria revitalizando a Lagoa Salgada, mas até a presente data, nenhum projeto foi formalmente apresentado. Ao contrário a área permanece sendo invadida, as olarias estão se instalando no local e a região que deveria ser de preservação está sendo soterrada, degradada por vários indivíduos que estão em uma prática clandestina, principalmente que não há fiscalização no local”, disse.

    Na cópia da ação apresentada pelo advogado a equipe do Jornal Folha do Estado, consta o carimbo de recebido da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SEDUR) e da Procuradoria Municipal, além de informar envio de cópia para Secretária de Meio Ambiente e Secretária de Habitação, com a data de 22 de novembro de 2016. Também no documento estão anexadas fotos dos barracos construídos a beira da Lagoa e da fumaça produzida pelas queimadas.

    Ao ser indagado sobre o posicionamento do Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) acerca do caso, o advogado informou que a ação foi direcionada apenas aos órgãos municipais, mesmo a revitalização da lagoa sendo um projeto conjunto entre a Prefeitura de Feira de Santana e o Governo do Estado.

    Nossa equipe procurou os oleiros, mas ninguém foi encontrado no local onde as olarias estão instaladas. Identificamos na Lagoa presença de entulhos, barracos e forno para confecção de tijolos de barro.

    FONTE: Da Redação



    Comentários


    30/08/2018 as 10h20m
    Marcelo escreveu:
    Lamentável!
    03/09/2018 as 17h50m
    MARTHA escreveu:
    vai na mangabeira ver a lagoa chico maia. tem um velho chamado joao que ta aterrando. abrindo ruas para vender terrenos, ele ja vendeu varios. e so ir na rua ibotira e ibitiane que tds sabem disto. mas ninguem vai la resolver
Publicidade
Anuncie Aqui!
Trayler
Terminal Rodoviário
Auto Peças Brasil
Point Cell
Mariana
PMCEL
Auto Escola Trindade
Contador
Banner - Kamila - Grafica
Auto Escola Farol
Haste
ACC Material de Construção
Banner Semana do Empreendedorismo
Jobope
FBI Investigação
Capitão
Spaço Sorriso
Baner Alex
Colégio Intelecto
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos