Governo do Estado 04 a 18
Contador
Em cima da hora:
Motociclista fica ferido após bater de frente com ônibus em Ribeirão Preto
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Indenização por danos morais a vítimas de violência doméstica pode virar lei

    O projeto de lei original fixava o valor da indenização entre seis e cem salários mínimos. No entanto, a relatora da proposta, deputada Maria do Rosário (PT-RS), preferiu retirar do texto a menção a qualquer valor argumentando haver casos graves


    Indenização por danos morais a vítimas de violência doméstica pode virar lei
    Foto Divulgação

    A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (11) um projeto de lei que garante o pagamento de indenização por danos morais em caso de violência doméstica e familiar contra a mulher. O pagamento deverá ser feito pelo agressor, em valor que a Justiça determinar.


    O texto, que altera a Lei Maria da Penha, segue agora para o Senado Federal.


    O projeto de lei original fixava o valor da indenização entre seis e cem salários mínimos. No entanto, a relatora da proposta, deputada Maria do Rosário (PT-RS), preferiu retirar do texto a menção a qualquer valor argumentando haver casos graves, como feminicídio (assassinato de mulheres), que justificariam o pagamento de um valor mais alto.


    A deputada destacou que o pagamento de dano moral na seara criminal não impede a vítima de ingressar com uma ação cível com o objetivo de complementar o valor que considerar justo.


    Maria do Rosário ressaltou ainda que o pagamento de danos morais será devido sem prejuízo das punições penais cabíveis.

    Depósito judicial


    Pelo texto, a Justiça poderá determinar que o agressor deposite em juízo, como caução, a quantia devida por perdas e danos morais e materiais decorrentes da violência doméstica.


    O objetivo é garantir o pagamento da indenização ao final do processo.
    Se aprovada pelo Senado, essa iniciativa passará a figurar na lista de medidas protetivas que o juiz pode aplicar de imediato assim que é constatada a prática de violência doméstica.


    Pelo texto, a indenização por dano moral passa a ser obrigatória em todos os casos em que a vítima fizer o pedido.


    Em seu parecer, a relatora ponderou que o projeto irá "pacificar polêmica surgida nos tribunais brasileiros a respeito da possibilidade de condenar o agressor, no processo criminal, ao pagamento de indenização por dano moral".
     



Publicidade
Anuncie Aqui!
Jobope
Capitão
Trayler
Auto Escola Farol
Mabaço Eletrônicos
Auto Escola Trindade
Salão
Mariana
Spaço Sorriso
Banner Governo do Estado
Bruno do Pega
Banner - Kamila - Grafica
Hasteg
Jocell
Minas Ceel e Prime Cell
Governo do Estado 04 a 18
FBI Investigação
Point Cell
Contador
Auto Peças Brasil
Banner - Micareta Atrações
Advogado Sepúlveda
ACC Material de Construção
Banner Governo do Estado
Colégio Intelecto
Janio Motos
Centrão
Lelinho Toldos
Terreno Novo 2
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos