Contador
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • “Quero entrar para história”: diz sequestrador do ônibus

    William, era vigilante e fez 37 reféns. De acordo com a entrevista de um dos reféns ao portal Uol, o objetivo de William era “entrar para a história”, frase dita por ele mesmo. “Eu não quero machucar ou levar os pertences de vocês, só quero entrar para a história. Ao fim do dia, vocês vão ter muita história pra contar”, relata


    “Quero entrar para história”: diz sequestrador do ônibus
    Foto Divulgação

    William Augusto da Silva, 20 anos que foi executado com seis tiros na manhã de ontem (20-08-19), no Rio de Janeiro, por atirador de elite da Polícia Militar Carioca, disse para os passageiros no interior do ônibus que ele iria entrar para história e que todos iriam comentar o dia todo aos seus familiares e amigos.


    O sequestro a um ônibus na manhã desta terça-feira (20/8) no Rio de Janeiro parou o Brasil. Iniciado por volta das 5h05, a Polícia Militar finalizou a ação com um tiro disparado por um atirador de elite do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), no peito do sequestrador.

    Veja o Video:

     
    William, era vigilante e fez 37 reféns. De acordo com a entrevista de um dos reféns ao portal Uol, o objetivo de William era “entrar para a história”, frase dita por ele mesmo. “Eu não quero machucar ou levar os pertences de vocês, só quero entrar para a história. Ao fim do dia, vocês vão ter muita história pra contar”, relata.


    O professor Hans Miller Moreno do Nascimento, de 34 anos, morador do Rocha, em São Gonçalo, estava a caminho de Santa Cruz, na zona oeste do Rio quando se viu refém do sequestro do ônibus na ponte Rio-Niterói. Ele contou na porta da Delegacia de Homicídios de Niterói que o sequestrador do ônibus em nenhum momento se mostrou nervoso.


    O homem contou que o sequestrador escolheu uma das passageiras para auxiliar no andamento do sequestro. A moça, ainda não identificada, foi responsável por prender os passageiros com braçadeiras de plástico e, posteriormente, estender os fios de barbante com os copos de garrafa pet.


    “William estava com um rádio transmissor, e escreveu o número da frequência no vidro do veículo, para entrar em contato com a polícia. No rádio, o criminoso perguntava “em que altura estava o engarrafamento”. A todo momento, de forma calma, Willian pedia para a polícia “tomar cuidado para os passageiros não se machucarem. Em todo o momento, repetiu que “iria entrar para história” e que “nós vamos entrar para a história”, explicou o professor.


    O professor disse também que o sequestrador usou tintas de spray para escurecer os vidros da frente do veículo. Foi neste momento que alguns passageiros passaram mal e, assim, foram liberadas pelo sequestrador. Willian também negociava com a polícia a entrega de água para os passageiros e, a todo tempo, tentava tranquilizá-los.


    “Pelo clima controlado, apesar de tenso, Miller conseguiu, de forma discreta, escrever algumas informações sobre o sequestrador: “Ele está sentado na fileira” e “Ele está em pé na frente”. A vítima também conta que, já ao final do sequestro, Willian falou à polícia sobre um valor de “R$ 30 mil”, mas Miller não sabe precisar se era um valor a ser negociado pela liberação dos reféns. A vítima conta que Willian estava com uma faca “de 40 a 50 cm”, uma arma de choque e uma pistola”, indagou Hans Miller.


    Miller explicou que entre 5h e 5h10, na altura do Mocanguê, o criminoso anunciou a ação e explicou que não se tratava de um assalto. “Para tranquilizar os passageiros, Willian permitiu que cada um usasse seus celulares para se comunicar com a família. O professor também observou que Willian tomava energéticos para manter a adrenalina”, frisou o professor.


    Informações Aratu Online e Berimbau Noticias
     



    Comentários


    21/08/2019 as 15h53m
    Ozama escreveu:
    Que vergonha viu atirador de elite, 6 tiros???? Atirador de elite de verdade sniper é 1 tiro só na cabeça!
    24/08/2019 as 00h49m
    tiro frustado escreveu:
    verdadeiro atirador de elite mata sem atirar pra quer 6 tiro vergonha brasil mais parabens bandido morto
Publicidade
Anuncie Aqui!
Auto Escola Trindade
Mariana
Point Cell
Terminal Rodoviário
Banner Qualfica Feira
Contador
Baner Alex
Haste
Auto Escola Farol
FBI Investigação
Trayler
Banner - Kamila - Grafica
ACC Material de Construção
Auto Peças Brasil
Colégio Intelecto
Capitão
Spaço Sorriso
Jobope
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos