Contador
Em cima da hora:
Baile Municipal de Bezerros vende ingressos para show de Araketu
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Fisioterapeuta é preso acusado de feminicídio, cárcere privado, tortura e ocultação de cadáver


    Fisioterapeuta é preso acusado de feminicídio, cárcere privado, tortura e ocultação de cadáver
    Foto Polícia Civil

    Policiais do Serviço de Investigação da 14ª Coordenadoria da Polícia Civil de Irecê elucidaram o crime que vitimou Rafaela Gomes de Souza, qual foi vitima de feminicídio, cárcere privado, tortura e teve o corpo ocultado. Todos os envolvidos já foram presos e o corpo da mulher foi encontrado enterrado no antigo aterro sanitário (Lixão) de Irecê, localizado na rua Anália de Castro, Vila Castro, Lapão, Estrada do Umbuzeiro, lixão desativado de Irecê.

    Os criminosos foram identificados como: O Fisioterapeuta, Alfredo Victor de Oliveira Mattos, segundo as investigações, o mandante do crime, inclusive participou todo tempo da tortura e do cárcere privado e também da ocultação do corpo; Ériton Dias dos Santos, vulgo Rato e Ramon da Silva Santana.


    Segundo informações do SI da 14ª COORPIN de Irecê, em 20/11/2019 o fisioterapeuta Alfredo Victor, após ter atraído a vítima Rafaela, sob pretexto de lhe emprestar R$ 1.300,00 reais, contando com a participação de Ériton Dias, o Rato, sequestrou e manteve em cárcere privado a vítima, submetendo a mesma a tortura.


    Na data de 25/11/2019, pegaram a vítima bastante lesionada, e resolveram ceifar a sua vida, tendo ambos se deslocado para Irecê, e por volta de 01:00 hora, passaram pela Vila Nobelino e chamaram a pessoa de Ramon da Silva, para participar da ação criminosa, levado a vítima até o lixão de Irecê, onde retiraram a mesma do porta malas do veículo, e após jogarem gasolina sobre o corpo de Rafaela, que ainda estava com vida, atearam fogo e enterraram o corpo.

    Investigação


    Após trabalho investigativo, identificou-se a participação de Alfredo Victor e de Ériton na prática do crime, sendo decretadas as suas Prisões Preventivas, e posteriormente identificada a terceira pessoa que teria participado do crime como sendo Ramon da Silva, o qual confessou sua participação e levou a equipe de policiais até o lixão de Irecê, mostrando o local onde estava enterrado o corpo da vítima, sendo também decretada a sua prisão preventiva.


    Alfredo contratou Ériton, por R$ 4.000,00 (quatro mil reais) para ajudá-lo a ceifar a vida da vítima, e ainda teria pago o valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) a ramon para participar das conclusões dos trabalhos, ocultando o cadáver da vítima. Foi realizada perícia em local de crime, corpo encaminhado ao IML para realização de autópsia e cumprimento de mandado de prisão de Ramon.



    Comentários


    03/12/2019 as 20h42m
    Frank Castle escreveu:
    Em um país onde as leis não funciona, já está na hora de um justiceiro entrar em campo pra resolver. Logo logo, estes criminosos estarão soltos.
    04/12/2019 as 01h24m
    justiça escreveu:
    tem que matar os três rebanho de desgraça tem que morre da mesma forma !!
    04/12/2019 as 10h47m
    Materia sem nexo escreveu:
    Resumo : e porque foi mesmo que eles cometeram o crime ? Materia feia da porra, sem qualidade, pela metade, incompleta...
    05/12/2019 as 19h06m
    respondendo escreveu:
    ela era amante do fisioterapeuta e ameaçou contar pra esposa dele sobre o caso deles.
Publicidade
Anuncie Aqui!
Trayler
Banner Natal Encantado
Banner - Kamila - Grafica
Haste
Mariana
Point Cell
Spaço Sorriso
PMCEL
ACC Material de Construção
Contador
Jobope
Baner Alex
Auto Escola Trindade
Auto Peças Brasil
Auto Escola Farol
Terminal Rodoviário
Colégio Intelecto
Capitão
FBI Investigação
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos