Banner Governo do estado Obras Regionais
Contador
Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Ação do Garcif é apresentada em encontro de segurança

    Em sua exposição, o delegado Daniel Pinheiro, da Polícia Civil baiana, exibiu os resultados que o Garcif alcançou, nos últimos três meses, no combate às quadrilhas


    Ação do Garcif é apresentada em encontro de segurança
    Foto Polícia Civil

    O coordenador do Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras (Garcif), delegado Daniel Meneses Pinheiro, e o coronel Inácio Paz de Lira Júnior, da Polícia Militar, representaram a Bahia na 16ª Reunião do Comitê Integrado de Segurança Pública do Nordeste (Consene), realizada, nesta terça-feira (26), em Aracaju (SE). 


    O encontro reuniu representantes das Polícias Civil e Militar dos nove estados nordestinos e teve como objetivo discutir e planejar estratégias de combate à criminalidade em ações conjuntas das polícias, abrindo espaço também para a troca de informações entre os organismos de inteligência policial de todas as corporações.


    Em sua exposição, o delegado Daniel Pinheiro, da Polícia Civil baiana, exibiu os resultados que o Garcif alcançou, nos últimos três meses, no combate às quadrilhas de roubos a bancos na Bahia. “Os números são positivos”, avalia o delegado, destacando que foram desarticuladas, no período, quatro grandes quadrilhas e presos três dos mais procurados ladrões de bancos na região Nordeste.


    Segundo Pinheiro, parte das prisões realizadas já foi resultado da ação conjunta entre as polícias estaduais, como, por exemplo, a do assaltante Paulo Donizete Siqueira Souza, um dos mais procurados, feita em parceira com a polícia do Rio Grande do Norte. “O resultado foi possível graças à troca de informações entre a polícia potiguar e o Garcif, que tem um time cuidando especialmente disso”, garante Pinheiro.


    A ação do Garcif de coletar e comparar informações sobre como as quadrilhas agem permitiu que fossem presos os assaltantes Lindomar Alves da Silva, fugitivo da penitenciária de Mato Grosso, e Tomás Moraes da Silva, autor de pelo menos seis assaltos em Seabra e municípios vizinhos. Com extensa lista de ataques a bancos, ambos eram procurados até na região sul do país.


    “A equipe trabalha com um conjunto de engrenagens, uma impulsionando a outra, gerando um fluxo de informações e operações que nos garante sucesso no combate a essas quadrilhas”, explicou o delegado, que conta com dois profissionais especialistas no assunto: os investigadores Rogério Luna, que cuida do levantamento de quadrilhas, e Jorge Ézio, da Superintendência de Inteligência da SSP, que administra os dados levantados.



    Comentários


    25/04/2013 as 12h37m
    PRAÇA DA BRIOSA escreveu:
    Os caras de Pau, enquanto isso varias agencias bancarias e casas lotéricas estão sendo destruídas e fica esse dois marionetes querendo se aparecer tome vergonha nessas cara passe óleo de peroba, ficam comendo as diárias do GARCIF, vão procurar o que fazer agora recentemente em mais um ação ousada explodiram a agencia de jaguaguara e colocaram o delegado bem como o comandante da PM local para correr.
Publicidade
Anuncie Aqui!
Auto Escola Trindade
Banner - Kamila - Grafica
Spaço Sorriso
Auto Escola Farol
Capitão
Jobope
Centrão
Banner Governo do estado Obras Regionais
Advogado Sepúlveda
Banner Governo do Estado
Trayler
Mariana
Banner Governo do Estado
Haste
Banner SMTT
Consorcio de Caminhão
Escola de Enfermagem
Contador
Auto Peças Brasil
Point Cell
Colégio Intelecto
FBI Investigação
ACC Material de Construção
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos