Contador
Em cima da hora:
Projeto contra corrupção do MPF já coletou mais 31 mil assinaturas na PB
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Idosos aprendem a evitar acidentes domésticos

    A frequência de quedas e as dificuldades para os idosos se recuperarem têm sido motivo para os agentes de saúde intensificarem as ações visando a prevenção. “A maioria dos acidentes ocorre por excesso de móveis, uso de tapetes e objetos esquecidos espalhados pelo chão das casas e apartamentos”, observou Isabela Machado.


    Idosos aprendem a evitar acidentes domésticos
    Foto Secom

    Pessoas na terceira idade residentes no bairro Aviário aprendem a adotar medidas preventivas contra acidentes domésticos. A iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde, através do Núcleo de Assistência à Saúde da Família (Nasf) e das Unidades de Saúde da Família I e II do bairro, reuniu cerca de 100 pessoas na sede da Associação Cristo Operário dos Moradores.

    A enfermeira Isabela Machado, referência em hipertensão e diabetes, além de saúde do idoso, explica que semanalmente a unidade de saúde proporciona encontro com as pessoas na terceira idade visando estimular a qualidade de vida. “Além disso, uma ou duas vezes por mês convidamos nosso público para tratar sobre a prevenção de acidentes domésticos, que é uma situação bastante preocupante”, frisou.

    A frequência de quedas e as dificuldades para os idosos se recuperarem têm sido motivo para os agentes de saúde intensificarem as ações visando a prevenção. “A maioria dos acidentes ocorre por excesso de móveis, uso de tapetes e objetos esquecidos espalhados pelo chão das casas e apartamentos”, observou Isabela Machado.

    As orientações visando a prevenção contra acidentes domésticos para pessoas idosas foram passadas também pela sargento Carla Oliveira, do Corpo de Bombeiros. Ela destacou a necessidade de atenção para alguns utensílios domésticos, a exemplo de panela de pressão, que, conforme observa, necessita de manutenção para evitar explosão e queimaduras, além de mistura de medicamentos com bebidas alcoólicas e também carregadores de celulares espalhados pelo piso das casas.

    A sargento Carla Oliveira abordou ainda sobre o excesso de móveis nas residências, que por sua vez estão cada vez menores, a necessidade de evitar o uso de alguns objetos que possam provocar acidentes, assim como evitar também a obstrução de passagens.

    Para os idosos, alguns alertas foram novidade. Outros, entretanto, já apresentam riscos bastante conhecidos deste público, que mesmo assim continua ignorando. “O alerta é muito bom porque as vezes esquecemos que um tapete pode provocar queda ou que um carregador de celular no meio do caminho pode provocar escorregão e quebrar a bacia. Agora estou mais atenta”, afirmou a anciã Ana Maria Souza Cerqueira, residente na unidade habitacional do programa Minha Casa, Minha Vida do bairro Aviário.

    As informações são da Secom
     



Publicidade
Anuncie Aqui!
Colégio Intelecto
Banner Natal Encantado
PMCEL
Banner - Kamila - Grafica
FBI Investigação
Baner Alex
Auto Peças Brasil
Haste
Jobope
Auto Escola Farol
Spaço Sorriso
Terminal Rodoviário
Auto Escola Trindade
Mariana
Contador
Capitão
Point Cell
Trayler
ACC Material de Construção
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos