Revellyon Axe em Porto
Grizzon
Em cima da hora:
Polícia frustra dois roubos a bancos na Grande João Pessoa
-
  • Facebook
  • Twitter
  • Orkut
  • Feeds
  • Curso de Investigação de Homicídios é ministrado pelo Departamento de Polícia de Miami na Bahia

    O objetivo do treinamento, realizado na manhã desta quarta-feira (2), na Coordenadoria de Operações Especiais (Coe), na área civil do Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, era a preservação de local de crime, coleta de
    03.09.2015 14h43m
    Recomendar
    Curso de Investigação de Homicídios é ministrado pelo Departamento de Polícia de Miami na Bahia
    Fotos SSP-BA

    Um bar, com o dono morto na entrada, dois veículos abandonados, testemunhas, familiares e imprensa. Este foi o cenário montado para a aula prática do Curso de Investigação de Homicídio, ministrado por profissionais do Departamento de Polícia de Miami (MPD).

    O objetivo do treinamento, realizado na manhã desta quarta-feira (2), na Coordenadoria de Operações Especiais (Coe), na área civil do Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, era a preservação de local de crime, coleta de materiais e os depoimentos das pessoas que presenciaram o fato.


    Para o coordenador do curso e representante da Secretaria da Segurança Pública, delegado Evilásio Bastos Filho, as informações obtidas no local onde ocorreu o delito são de grande valia para que se chegue à elucidação do crime. “Um bom trabalho de campo vai permitir a captura de homicidas num curto espaço. Os instrutores norte-americanos estão nos ajudando e aprimorando nossa metodologia de investigação”, reforçou Evilásio.


    O comandante da Unidade de Homicídios do MPD, tenente Carlos Castellanos, dividiu os alunos do curso em grupos e analisou a maneira como cada equipe atuou na cena do crime. “Os policiais baianos são profissionais e bem capacitados. Avaliamos individualmente cada grupo e, além de orientar, aprendemos muito com os colegas daqui”, afirmou Castellanos.



  • Policiais da DRFR prendem ladrão que usava farda colegial para praticar assaltos

    O bandido preso trata-se de Thiago Adorno Bispo. Segundo os investigadores, ele é um dos assaltantes que utilizam farda colegial e sempre está armado com uma faca tipo Peixeira. O mesmo é acusado de praticar vários assaltos contra o ônibus
    03.09.2015 01h14m
    Recomendar
    Policiais da DRFR prendem ladrão que usava farda colegial para praticar assaltos
    Fotos Policia Civil

    Na tarde desta quarta-feira (2), policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado André Ribeiro prenderam um dos ladrões que vem tirando o sossego das pessoas em diversos bairros da cidade de Feira de Santana.


    O bandido preso trata-se de Thiago Adorno Bispo. Segundo os investigadores, ele é um dos assaltantes que utilizam farda colegial e sempre está armado com uma faca tipo Peixeira. O mesmo é acusado de praticar vários assaltos contra o ônibus do transporte coletivo da cidade, além roubar muitos pedestres.


    No momento da prisão, os policiais o flagraram com farda colegial, a faca e vários aparelhos telefônicos, além de outros objetos pertencentes a vitima. Ele foi conduzido para sede da DRFR e autuado por assalto a mão armada.



  • DRFR estoura desmanche de carro roubado na Rua de Aurora

    O proprietário da loja, Alberto de Jesus Nascimento Ribeiro, conhecido como “Neto”, 23 anos, residente na rua Monsenhor Moisés do Couto, Campo Limpo, foi preso
    02.09.2015 17h40m
    Recomendar
    DRFR estoura desmanche de carro roubado na Rua de Aurora
    Fotos Polícia Civil

    Investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) sob o comando do delegado André Ribeiro estouraram na manhã desta quarta-feira (2), um desmanche de carro roubado. Segundo a polícia, o desmanche funcionava na loja Neto Peças, localizada na rua Desembargador Filinto Bastos, conhecida Rua de Aurora e encontraram várias peças suspeitas de carro roubado.


    O proprietário da loja, Alberto de Jesus Nascimento Ribeiro, conhecido como “Neto”, 23 anos, residente na rua Monsenhor Moisés do Couto, Campo Limpo, foi preso e autuado em flagrante por receptação qualificada de carro e peças roubadas.


    No interior da Loja Neto Peças, os investigadores encontraram um veículo Gol, vermelho, placa OUI-8236, licença de Salvador, com restrição de roubo. O carro e as peças de origem suspeita foram apreendidos e levados para o Complexo Policial Investigador Bandeira, no Jomafa.


    O delegado André Ribeiro contou para reportagem que chegou até o desmanche após a prisão do homicida e assaltante, Aguinaldo Neto, na tarde de terça-feira no bairro Papagaio. O mesmo foi flagrado com um Golf roubado.


     



  • Latrocida que matou estudante de medicina diz que carros roubados eram trazidos para Feira de Santana

    “Após a divulgação das imagens do suspeito, as denúncias começaram a chegar”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, ao anunciar a intensificação do policiamento no Costa Azul e em Pernambués, bairro onde os veículos roubados seriam revendidos
    02.09.2015 17h33m
    Recomendar
    Latrocida que matou estudante de medicina diz que carros roubados eram trazidos para Feira de Santana
    A estudante foi morta covardemente durante assalto

    Gilmário Alves do Nascimento, o “Novato”, 20 anos, acusado de assassinar a estudante de Medicina, Mariana Oliveira Teles, 22, e mais três comparsas que realizavam assaltos a veículos no Costa Azul no dia do crime (29), foram apresentados nesta quarta-feira (2), no auditório da Secretaria da Segurança Pública, Centro Administrativo da Bahia.

    Uma denúncia anônima levou à prisão da quadrilha na localidade conhecida como “Inferninho”, comunidade vizinha ao bairro onde o crime foi executado. “Os trabalhos de investigação da Polícia Civil e do Departamento de Polícia Técnica, que elaborou o retrato falado, foram indispensáveis para a elucidação do caso.

    “Após a divulgação das imagens do suspeito, as denúncias começaram a chegar”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, ao anunciar a intensificação do policiamento no Costa Azul e em Pernambués, bairro onde os veículos roubados seriam revendidos.

    Ao analisar o histórico do homicida, Barbosa lamentou a fragilidade da legislação penal, que colocou nas ruas um reincidente em práticas delituosas. “Não podemos admitir que pessoas como Gilmário saia pela porta da frente de uma penitenciária, mesmo sendo preso diversas vezes, mais de sete quando adolescente, para 20 dias depois voltar a delinquir e tirar vida nas ruas. A sociedade deve cobrar a modernização de nossas leis e ampliar o debate, para que situações como esta sejam evitadas”, desabafou.

    Investigações

    De acordo com a delegada Andréa Ribeiro, titular da 1ª Delegacia de Homicídios (Atlântico), além de Novato, Jáckson Leones Almeida Carneiro, 20, Fábio dos Santos, 25, o “Bibi”, e um adolescente de 13 anos, praticavam assaltos no Costa Azul no dia do crime, mas apenas o assassino fez a abordagem à universitária.

    Cara de Pau

    Em depoimento, Novato contou que ficou com raiva da reação da estudante, que correu, gritou e jogou a bolsa para dentro de um imóvel, procurando justificar os dois disparos que mataram a vítima.

    Ainda segundo as investigações, a quadrilha é especializada em roubar veículos para desmanche. “Novato, Bibi e o adolescente realizavam os assaltos, Jackson era o responsável por levar os carros para revendê-los em Feira de Santana, enquanto Marcos tinha a missão de guardar as armas da organização criminosa”, contou a delegada. A arma utilizada no crime, um revólver calibre 38, ainda não foi localizado.

    As equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), através da 1ª Delegacia de Homicídios, da 9ª Delegacia Territorial (Boca do Rio) e da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubo de Veículos (DRFRV) participaram da operação que capturou o grupo. Todos os envolvidos tinham passagens pela polícia e Jackson também possuía mandado de prisão em aberto por homicídio.

    Além destas prisões, a SSP também intensificou o policiamento nos bairros do Costa Azul e Pernambués, com o objetivo de identificar os demais integrantes do bando e encontrar a arma usada por Novato no cometimento do crime. Na ocupação dos bairros, iniciada na manhã desta quarta-feira (2), por equipes das polícias Militar e Civil, Fagner dos Santos Ribeiro teve mandado de prisão cumprido.

    Jean Cariri Batista de Oliveira também foi preso, em flagrante, acusado de comercializar entorpecentes, assim como Carlos Willian Alves dos Santos e Iara da Silva dos Santos. Lucas Rodrigues Maia e Luiz Santos Coutinho seguiram para averiguação na DRFRV. Até o início desta tarde, munições de diversos calibres e drogas também foram apreendidos.



  • Jovens são presos acusados de estuprar garota de 14 anos em Humildes

    A dupla é acusada de estuprar, na mesma manhã de terça-feira, uma garota de 14 anos, no interior de uma residência que pertence a um dos acusados. Alex Neves e Wesley Santos foram conduzidos para Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente
    02.09.2015 10h34m
    Recomendar
    Jovens são presos acusados de estuprar garota de 14 anos em Humildes
    Fotos Aldo Matos/Acorda Cidade

    Policiais do Serviço de Investigação da 3ª Delegacia (Humildes), sob o comando do delegado Laércio Santos, prenderam na manhã de terça-feira (1), os jovens Alex Neves da Silva, 22 anos e Wesley Santos Oliveira Souza, 18, ambos moradores do distrito de Humildes e trabalham numa barbearia.


    A dupla é acusada de estuprar, na mesma manhã de terça-feira, uma garota de 14 anos, no interior de uma residência que pertence a um dos acusados. Alex Neves e Wesley Santos foram conduzidos para Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente (DERCA-DAI) e apresentados a delegada Milena Calmon.


    Na delegacia, a dupla alegou que a vitima teria marcado um encontro e confirmaram que o ato sexual foi consumado. Sendo que, a vitima afirmou que teria marcado sim o encontro, porém não tinha intenção de manter relações sexuais com os dois e disse também que foi agarrada a força.


    A delegada Milena Calmon contou que quando uma mulher vai a casa de uma pessoa, (amigo, namorado, paquera, dentre outros) não significa que quer manter relações sexuais, principalmente com duas pessoas. A vitima afirmou para mim realmente que tinha marcado pra ir a casa, mas não queria fazer sexo.


    “O ir a casa foi uma ação espontânea, mas ela foi puxada para manter relação, e ela tentou resistir, mas foi imobilizada. Um consumou o ato e o outro em seguida sem o consentimento dela. Temos aí o relato de uma vítima menor de idade e o relato deles que confirma o ato, um após o outro, no mesmo horário, na mesma casa, e a única diferença é que eles disseram que não foi à força”.


    “Ora, como uma pessoa faz sexo com duas pessoas e em seguida vai à delegacia? Isso não condiz com a situação que temos aqui. Ela não negou que foi lá, e no momento em que pediu água foi surpreendida pelos dois, que sob efeito de uso de drogas, teriam forçado a garota. Não há duvida de que houve o estupro”, explicou a delegada durante entrevista ao repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.


    A garota contou que pediu socorro e que foi orientada pela amiga a procurar à polícia: “Eles me agarraram à força, me colocaram no quarto, trancaram a porta, ligaram o som bem alto. Foi um de cada vez. Eles falaram bem assim: você vai fazer tudo que eu quiser. Eu disse que eu não porque isso é estupro e eles disseram: Que nada (...). Eu gritei socorro. Depois contei a minha amiga e ela disse para a gente registrar queixa”, relatou a jovem que disse também que já teve um relacionamento (“ficava”) com um dos acusados.


    Alex Neves e Wesley Santos foram autuados em flagrante por estupro, pela delegada Milena, os dois estão a disposição da justiça. Vale ressaltar que relações sexuais ou qualquer ato libidinoso entre adultos e menores de 14 anos é considerado estupro de vulnerável, independente de a vítima consentir.



  • Acusado de matar jovem na Rua de Aurora é preso pela DRFR com carro roubado

    Na delegacia, Agnaldo confessou ter tentado contra a vida de uma pessoa na rua de Aurora e que acabou baleando e matando José Felipe Santos, 21 anos. Ele disse que o alvo era Felipe dos Anjos, que foi ferido no braço, e acabou acertando
    02.09.2015 10h11m
    Recomendar
    Acusado de matar jovem na Rua de Aurora é preso pela DRFR com carro roubado
    Fotos Gleidson Santos/Divulgação

    Policiais do Serviço de Investigação da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), sob o comando do delegado André Ribeiro prenderam na tarde de terça-feira (1), Agnaldo Leite da Silva Neto, conhecido como “Neto”. Ele é acusado de matar o jovem José Felipe Santos, 21 anos, na Rua de Aurora em Abril do ano passado. No momento da prisão, o acusado estava com um veiculo Golf de cor branca, placa OKO-6129.


    Segundo informações do delegado, após fazer uma checagem do veiculo no sistema Infosec da Secretária de Segurança Pública. Constatou que o carro era clonado com restrição de furto e roubo da placa OKP-4200. André Ribeiro afirmou ainda que, Aguinaldo Neto, tinha um mandado de Prisão Preventiva em aberto, pelo Artigo 121. O acusado foi conduzido para sede da DRFR e autuado em flagrante, depois encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana.


    Na delegacia, Agnaldo confessou ter tentado contra a vida de uma pessoa na rua de Aurora e que acabou baleando e matando José Felipe Santos, 21 anos. Ele disse que o alvo era Felipe dos Anjos, que foi ferido no braço, e acabou acertando também o jovem José Felipe, vítima de uma das balas perdidas. “Eu não matei ele querendo, mas foi eu que dei os tiros. Eu fui pegar o menino que tava lá, mas na hora, ele jogou o menino na frente (sic)”, declarou o acusado.
     

    Investigação da Morte de Felipe


    O delegado João Rodrigo Uzzum, disse para nossa reportagem que foi um crime passional por conta da rixa do criminoso com Felipe dos Anjos, motivada por uma ex-namorada de Agnaldo. A polícia teve acesso a mensagem enviada pelo acusado, via WhatsApp, para o suposto alvo: “Tá ligado né? quem pega mulher de ladrão, que tem que acontecer” (sic).

    João Uzzum informou que após o crime, a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciou as investigações e chegou ao autor através da prisão de Giovani de Almeida Silva Júnior, que teria dado carona a Agnaldo em uma moto e emprestou a arma utilizada. “Giovani foi preso pela DTE por tráfico de drogas e inclusive estava de posse da arma, e a partir daí pedimos pela prisão de Agnaldo”, concluiu o delegado.

    Agnaldo foi preso pelos policiais da Delegacia de Furtos no bairro Cidade Nova. “Estávamos investigando o acusado há vários meses e descobrimos que ele estava envolvido em vários roubos de veículos na cidade e ontem fizemos campana. No final do dia conseguimos prendê-lo com um veículo roubado no mês de julho em Salvador e com chassi adulterado”, declarou o delegado André Ribeiro, titular da DRFR.

    Ainda de acordo com o delegado, Agnaldo agia com um comparsa conhecido como “Zéu”, que foi assassinado recentemente. Vale destacar que Agnaldo já possuía outro mandado de prisão preventiva expedido pela A A polícia informou ainda que já havia outro mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal de Feira de Santana pelo crime de roubo qualificado.

    DTE Prende Comparsa


    Policiais do Serviço de Investigação da delegacia de Tóxicos Entorpecentes (DTE), que tem com o comando do delegado Matheus Souza prenderam no inicio da noite de ontem (23), Geovane de Almeida Silva Junior, 22 anos. Ele é acusado de participar do homicídio que vitimou O jovem, José Felipe Santos de Jesus, 21 anos.


    Segundo a polícia, o jovem estava portando um revólver, várias munições e um papelote aparentando ser cocaína. Segundo investigações da policia, Geovane participou do homicídio ocorrido no início da semana na rua de Aurora, e a arma apreendida foi a mesma usada no crime, conforme dados da instituição.


    A Morte de Felipe


    O jovem, José Felipe Santos de Jesus, 21 anos, que residia no bairro Pampalona em Feira de Santana morreu no inicio da tarde (19/04/2014)), por volta de 13h30 de bala perdida, quando se encontrava no interior do estabelecimento comercial Auto Peças Darlon, localizada na rua Desembargador Felinto Bastos, a conhecida Rua de Aurora no Centro da Cidade.

    Segundo a polícia, o assassino invadiu a loja para matar outro jovem identificado como Neto, sendo que, no momento dos disparos, Felipe teria se assustado e tentou sair correndo do interior da loja, quando foi alvejado com um tiro que acertou a região do ombro direito. Ainda de acordo com a polícia, o alvo do assassino (Neto) foi baleado com tiro no braço.


    Comerciantes e amigos de Felipe ainda tentaram socorrê-lo e acionaram o SAMU, mas ele não resistiu e morreu na frente da loja. Neto foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA), onde foi submetido a uma cirurgia.

    Enquanto o assassino fugiu tomando rumo ignorado. Na fuga, o criminoso tentou tomar de assalto uma motocicleta das mãos de outro comerciante da rua de Aurora, identificado como Neto, mas a moto não pegou e o mesmo roubou outra motocicleta e fugiu.

     



  • Bandidos continuam desafiando as autoridades e atacam instituições financeiras em Serra Preta

    ser identificado. Ainda de acordo com o investigador, o que deixam os policiais mais indignados, é os riscos que os mesmos correm durante a caça a esses bandidos e também, no momento em que estão em seus locais de serviços e até mesmo
    01.09.2015 18h32m
    Recomendar
    Bandidos continuam desafiando as autoridades e atacam instituições financeiras em Serra Preta
    Fotos Voz da Bahia


    O crime organizado continua demostrando que cada dia que passa estão mais organizado, enquanto os legisladores (Deputado/Senadores) federais continuam cada vez mais desorganizados com as leis defasadas. “As policias continuam arriscando seus homens, os policiais simplesmente estão fazendo trabalho de “enxugar gelo”. Já que quadrilhas e mais quadrilhas são desarticulada, mas os criminosos, não conseguem esquentar as celas e em curto tempo são liberados das prisões”, afirmam um investigador, que não quis ser identificado.


    Ainda de acordo com o investigador, o que deixam os policiais mais indignados, é os riscos que os mesmos correm durante a caça a esses bandidos e também, no momento em que estão em seus locais de serviços e até mesmo dentro de batalhões e delegacias. Aonde os assaltantes já chegam atirando para todos os lados não querem nem saber em quem vai acertar os disparos.


    “Mesmo assim, com esses riscos todos, quando acontece a prisão de um dos bandidos, a lei frágil obriga que apenas aplique porte ilegal de arma e dependendo da quantidade de presos, formação de quadrilha. Porém, esses dois crimes, são afiançáveis, com isso facilita a soltura desses delinquentes”, explicou o investigador.


    Mais Um Ataque

    Na madrugada desta terça-feira (1), cerca de 15 criminosos fortemente armados com fuzis, metralhadoras e dinamites destruíram duas agências, uma do Bradesco e a outra dos Correios, após explosão de cofres. A situação aconteceu por volta das 2h30, no município de Serra Preta.


    Segundo informações da delegacia, os assaltantes chegaram em três carros de passeio. Em seguida, efetuaram disparos na entrada da cidade e se dividiram entre as instituições financeiras. Ninguém ficou ferido. A polícia disse que cinco explosões foram identificadas durante a ação criminosa, que durou cerca de 1h.


    Ainda de acordo com a polícia, a quadrilha conseguiu roubar quantidade significativa de dinheiro, mas o valor não foi informado. Eles conseguiram fugir pela BA-052.
     



  • Policia Civil prende “informante” de quadrilha em São Gonçalo

    As informações pelo sequestro lhe renderam a quantia de R$ 1 mil reais, uma pequena parte dos R$ 7 mil roubados pela quadrilha na residência da vítima. Escondido em um ponto estratégico, Evangivaldo informou o exato momento em que a família do empresário chegou à residência
    01.09.2015 18h28m
    Recomendar
    Policia Civil prende “informante” de quadrilha em São Gonçalo
    Fotos Divulgação

    A polícia civil de São Gonçalo dos Campos prendeu na manhã desta segunda-feira (31) Evangivaldo Ferreira de Oliveira Filho, o Inho, acusado de fazer parte da quadrilha de Reginaldo Pereira, vulgo Regi, autor do assassinado do Guarda Municipal de Feira de Santana, Marcos Vinícius Alves, ocorrido no dia 2 de maio do ano passado, e o sequestro seguido de roubo e extorsão do empresário sangonçalense Geraldo Borges Lacerda Júnior, ocorrido em 2014. O mandado de prisão temporária e busca e apreensão foi expedido pela Juíza de Direito desta Comarca, Ely Christiane Esperon.

     

    De acordo com informações do Investigador Weliton, chefe do Serviço de Investigação (SI) da Delegacia Territorial (DT) desta cidade, Evangivaldo foi preso em sua residência no bairro Murilo Leite, e sua função na quadrilha era prestar informações das vítimas, até que todo o plano criminoso fosse elaborado. Evangivaldo confessou em depoimento detalhes de sua participação no sequestro do empresário, afirmando que passou para os comparsas toda a rotina, situação econômica e até o momento exato que deveria ser efetuada a ação criminosa.

    As informações pelo sequestro lhe renderam a quantia de R$ 1 mil reais, uma pequena parte dos R$ 7 mil roubados pela quadrilha na residência da vítima. Escondido em um ponto estratégico, Evangivaldo informou o exato momento em que a família do empresário chegou à residência, e que os executores da ação poderiam invadir a casa, rendê-los e levar o dinheiro que estava guardado na mesma.

    Além do sequestro, o acusado também confessou sua participação no assalto que culminou na morte de Carlos dos Santos, Carlinhos do Bar, ocorrido na Rua Eulália Daltro, bairro Murilo Leite, no dia 20 de julho de 2013. Evangivaldo descobriu que Carlinhos possuía uma pistola, comentou com Reginaldo, e juntos bolaram o assalto para roubar a arma. Na semana do crime o informante passou em frente do Bar com Reginaldo para o mesmo fazer o reconhecimento da área. O assalto deu errado porque a vítima reagiu entrando em luta corporal com o indivíduo no interior de sua residência, que lhe desferiu um tiro, vindo a óbito no mesmo dia.

    Evangivaldo continuará sendo ouvido nesta terça-feira (01), porque também existe a possibilidade dessa mesma quadrilha ter assaltado um comerciante no povoado do Magalhães, e roubado todo o dinheiro do comércio. Outros crimes no município também estão sendo investigado.

    Fazem parte da quadrilha Evangivaldo Ferreira de Oliveira Filho, Reginaldo Pereira Julio de Oliveira Ribeiro, ambos presos no último dia 17 de agosto pelo assassinato de Marcus Vinicius, e mais um quarto integrante ainda acobertado pelos comparsas.

    As informações são de Sandro Araújo (São Gonçalo Agora)



  • Traficante é preso com mais de 4Kg de maconha, cocaína e crack


    01.09.2015 17h16m
    Recomendar
    Traficante é preso com mais de 4Kg de maconha, cocaína e crack
    Foto Divulgação

    Policiais militares do 5º Pelotão de Conceição do Jacuipe com apoio da 20ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e Santo Amaro, sob o comando do Capitão Biluca e o Tenente Issac prenderam na noite de segunda-feira (31), Geraldo dos Santos Rocha Junior, 31 anos. Ele é acusado de traficar drogas.


    A prisão aconteceu na localidade conhecida como, Licuritiba no município de Conceição do Jacuipe, quando o acusado saia de uma residência montado numa motocicleta. Após a abordagem, Geraldo alegou que no inteiro da residência tinha drogas. Foram encontrado em poder do acusado, duas barras de maconha pesando mais de 4 kg, 169 buchas de maconha, 127 pinos de cocaína, 113 pedras de crack e material utilizado para embalar as drogas, além da quantia de R$ 2.884,00.

    O traficante foi conduzido para Delegacia Territorial de Conceição do Jacuipe.



  • Governo promete aumentar 50% nas Blitz policial em toda Bahia

    Além das abordagens, o Comando de Operações da Polícia Militar (COPPM) realiza cinco operações estratégicas simultaneamente em todo estado com o objetivo de ampliar a ostensividade, coibir roubo de terminais de autoatendimento, reduzir os crimes contra a vida e contra
    01.09.2015 17h01m
    Recomendar
    Governo promete aumentar 50% nas Blitz policial em toda Bahia
    Fotos Gleidson Santos

    A Polícia Militar da Bahia aumentará em 50% o número de blitze realizada em todo estado. O anúncio foi feito pelo comandante geral da PMBA, coronel Anselmo Brandão, com o objetivo de reduzir o número de roubo de veículos e apreender armas de fogo, reduzindo consequentemente os crimes contra a vida.

    “Atualmente as unidades operacionais da PM fazem mensalmente 8.700 blitze em todo o estado e, com este aumento, passaremos a fazer mais de 13 mil, ampliando as ações preventivas em 50% na produtividade”, destacou o coronel Anselmo.

    Além das abordagens, o Comando de Operações da Polícia Militar (COPPM) realiza cinco operações estratégicas simultaneamente em todo estado com o objetivo de ampliar a ostensividade, coibir roubo de terminais de autoatendimento, reduzir os crimes contra a vida e contra o patrimônio, e reduzir roubos de veículos.

    Nesta segunda-feira (31), o Comando de Operações Policiais Militares (COPPM) iniciou uma operação com abordagens em diversos pontos da capital baiana, fechando os principais corredores de tráfego e as principais vias de acesso à cidade (entrada e saída), além de reforçar as ações ostensivas nos horários e locais com maior incidência criminal.

    Resultados - No primeiro semestre deste ano, a PMBA abordou 1.046.840 carros, 2.426.371 pessoas, apreendeu 1.663 armas de fogo, recuperou 2.509 veículos, conduziu 16.314 pessoas às delegacias, abordou 18.056 taxis e 17.460 coletivos, e registrou 3.103 ocorrências com drogas.

    Fonte Polícia Militar- Ba



  • Centenas de familiares, colegas e amigos prestam as últimas homenagens ao policial Vitório

    O velório aconteceu na Igreja Assembléia de Deus, rua Feijó, nº 14, bairro Nova Esperança. O Enterro será às 16h no Cemitério São Jorge em Feira de Santana.
    31.08.2015 17h23m
    Recomendar
    Centenas de familiares, colegas e amigos prestam as últimas homenagens ao policial Vitório
    Fotos Gleidson Santos

    No final da tarde desta segunda-feira (1), por volta das 16 horas, o corpo do policial militar José Valter da Silva Vitório, 40 anos foi sepultado no cemitério São Jorge, localizado no bairro Jardim Sucupira, as margens da Avenida Eduardo Froes da Mota, a conhecida Contorno.

    Familiares, colegas e amigos compareceram no cemitério para prestarem as últimas homenagens ao policial Vitorio.

    O Acidente

    O policial militar José Valter da Silva Vitório, 40 anos, morreu na noite de ontem (30) após se envolver em um acidente na BR-116 Sul, em Feira de Santana.

    Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), O acidente ocorreu nas proximidades da Pousada da Feira, onde a vítima colidiu o veículo que conduzia, um Prisma, na lateral de uma carreta Scania. O policial não resistiu tendo morte instantânea.

    Não há informações sobre o que provocou a colisão. O soldado Vitório era lotado a 67ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em Feira de Santana.

    Nota de pesar

    O coronel PM Adelmário Xavier, do Comando de Policiamento da Região Leste (CPRL), em nome da Polícia Militar do estado da Bahia, solidariza-se ao sentimento dos familiares e amigos do policial militar José Valter da Silva Vitório lotado na 67ª Companhia Independente em Feira de Santana, pela sua morte trágica, em acidente de trânsito ocorrido noite de domingo (30), na BR 116 Sul, próximo da Pousada da Feira.

    O militar conduzia o veículo Prisma, na BR, quando colidiu com uma carreta. Preso nas ferragens, Vitório não resistiu aos ferimentos, e morreu no local.


     O velório aconteceu na Igreja Assembléia de Deus, rua Feijó, nº 14, bairro Nova Esperança. O Enterro será às 16h no Cemitério São Jorge em Feira de Santana.



  • Homens armados e encapuzados invadem casa e executam jovem

    Segundo informações, a vítima foi Fábio Almeida Pereira, também conhecido como “Binho”, 26 anos. Depois de atingido por sete disparos, o jovem ainda foi arrastado para fora da casa e levou mais um tiro na cabeça.
    31.08.2015 14h42m
    Recomendar
    Homens armados e encapuzados invadem casa e executam jovem

    Sete homens armados e encapuzados chegaram a pé e invadiram uma casa localizada na rua do Sossego, bairro Nova Brasília, no município de Conceição do Jacuipe, e executaram um jovem com vários tiros, na noite de sábado (29), por volta das 22 horas.

    Segundo informações, a vítima foi Fábio Almeida Pereira, também conhecido como “Binho”, 26 anos. Depois de atingido por sete disparos, o jovem ainda foi arrastado para fora da casa e levou mais um tiro na cabeça.

    Ainda de acordo com as informações, após o crime, os matadores tentaram invadir outra residência e como não encontraram o outro alvo, fugiram por um matagal. Binho já tinha passagem pela polícia e em 2012 foi preso com 1,5 kg de maconha.

    O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Santo Amaro. O crime será investigado pela Delegacia Territorial de Conceição do Jacuipe



Publicidade
Anuncie Aqui!
Brasil Peças
Janio Motos
Câmara de Feira de Santana
Capas Difel Contigo
Lojão Pirai
Auto Escola Feirense
Auto Escola Farol
Casa do Sofa e Eletrochou
Revellyon Axe em Porto
OS MABAÇOS ELETRONICOS
Spaço Sorriso
Excel Peças e Serviço
Aladim Fogos
Point da July
Advogados
Point Cell
Grizzon
Segurança Eletronica Port Safe 2
Advogado Helinbender
Moto Clube
Prefeitura Ex-Porfeira
Auto Escola Trindade
Mariana
Pinguim Radiadores
Os comentários e textos não representam a opinião do portal; a responsabilidade pelo blog é do autor da mensagem.
Folha do Estado da Bahia
Desenvolvido por Tacitus Tecnologia
Ornamentação e Decoração de Eventos